AutoShow

Stellantis terá 16 novos modelos até 2025 na América do Sul

A Stellantis, que é dona das marcas Chrysler, Citroën, Dodge, Fiat, Jeep, Peugeot e Ram, comunicou que lançará 16 modelos até 2025 na América do Sul

Companhia também prometeu sete veículos elétricos e híbridos. Por Felipe Salomão

Pulse Abarth tem motor T270 1.3 turbo de 185 cv e 27 kgfm

A Stellantis, que é dona das marcas Chrysler, Citroën, Dodge, Fiat, Jeep, Peugeot e Ram, comunicou que lançará 16 modelos até 2025 na América do Sul. Ainda terá 28 reestilizações e sete carros elétricos e híbridos na região. O anúncio vem ao encontro da visita do CEO da Stellantis, Carlos Tavares, nas fábricas da empresa no Brasil nestes últimos dias.

Marca já começou a produzir o novo C3 no Brasil

“A América do Sul é uma região estratégica para o grupo e tem-se comportado de modo exemplar nos planos operacional, de resultados e de compreensão das estratégias”, afirmou Tavares. Além desta fala do CEO da empresa, a marca pretende ter mais de 25% de participação de mercado com todas as suas marcas. Também quer chegar aos 20% das vendas de carros elétricos e híbridos na região.

Jeep Compass 4xe será lançado ainda neste ano

Entre os modelos que certamente serão renovados estão o Fiat Argo e Cronos, que devem receber motor de 1.3 litro com transmissão automática do tipo CVT. Ainda devem ser lançados neste ano o Fiat Pulse Abarth e o novo Citroën C3, que já começou a ser produzido no Brasil.

Modelo será lançado ainda neste ano

Em relação aos carros eletrificados e híbridos, a companhia deve lançar o Jeep Compass 4xe, que é a versão híbrida plug-in do crossover médio mais vendido no mercado brasileiro. Também podem ser comercializados por aqui o Peugeot 3008 Hybrid e o Jeep Grand Cherokee 4xe.

Modelo deve ter motor 1.0 turbo de 130 cv

A Stellantis ainda informou que encerrou o primeiro ano de trabalho com receitas operacionais de 152 bilhões de euros, sendo que 10,7 bilhões euros, ou R$ 67 bilhões, foram gerados apenas pela América do Sul. Por aqui, a marca vendeu mais de 830 mil carros no ano passado, o que contabilizou um lucro operacional de 882 milhões de euros, ou R$ 5,6 bilhões.

Modelo não deve ter mudanças visuais

A região ainda contará com investimentos em projetos estratégicos e rentáveis. Por conta disso, a Stellantis planeja investir 14 bilhões de euros por ano, com foco em projetos de eletrificação e software. A empresa ainda afirmou que os projetos de elétricos no Brasil devem utilizar o etanol, que é um combustível de baixo impacto ao meio ambiente. Inclusive, a Toyota já vende o Corolla e Corolla Cross com o sistema híbrido flex. Já a Volkswagen tem um centro de pesquisa e desenvolvimento para o uso de biocombustíveis.

Procura um carro novo? Veja no AutoShow mais de 40.000 classificados de veículos e participe dos feirões presenciais realizados todo domingo das 7h às 13h no Expo Center Norte e Shopping ABC