AutoShow

Volvo EX30 Ultra 2025: teste completo (motor, autonomia, preços e ficha técnica)

Avaliamos no lançamento o novo SUV compacto elétrico da marca. Por Marcos Camargo Jr

O Volvo EX30 é uma aposta da marca sueca na popularização dos seus produtos. Em uma plataforma desenvolvida pela Geely, dona da Volvo, e usada também em modelos da Zeekr, o Volvo EX30 tem altas pretensões para um carro de uma marca com 50 concessionários pelo país. A expectativa é de venda de 1.000 unidades por mês.

Os preços são atrativos partindo de R$ 229,9 mil para a versão Core de entrada com autonomia de 250km (PBEV) chegando à Ultra com autonomia de 338km e preço na faixa dos R$ 293 mil.

No lançamento do carro, testamos o Volvo EX30 em um percurso rodoviário partindo de São Paulo na capital rumo à cidade serrana de Campos do Jordão em um percurso de 200km.


Motor único para toda a linha

O Volvo EX30 usa a plataforma SEA de dimensões compactas com 4,23m de comprimento, 2,65m de entre eixos, 1,55m de altura e bons 1,83m de largura com 318 litros de porta-malas.
O motor elétrico de tração traseira tem 272cv e 35kgfm de torque combinado com bateria menor de 51kwh com autonomia de 250km (Inmetro PBEV) e outra de 69kwh para 338km.


Versão Ultra

Embora a Volvo tenha mostrado a linha completa de quatro modelos, fizemos o teste de São Paulo a Campos do Jordão na versão Ultra, a mais cara, que se diferencia pelo teto de vidro amplo, rodas aro 20, bancos elétricos e todos os itens de assistência à condução. Aliás, são itens de série em toda a linha.

Na saída de São Paulo testamos o veículo no trânsito pesado da Marginal Pinheiros no anda e para da metrôpole. Com três pessoas a bordo, o EX30 mantém o conforto a bordo mas tem baterias que elevam o piso do carro e obrigam os passageiros do banco traseiro a ficar com o joelho mais alto. O espaço é adequado para um SUV mesclado com hatch compacto.

Mas bastou acelerar pela via expressa chegando à rodovia Ayrton Senna para ver que o motor do Volvo EX30 mostra muita disposição. Seus 272cv com torque de 35kgfm imediatos e 0-100km/h em 5,7s graças ao peso de 1.850kg.

No entanto, o primeiro pênalti do carro está na parte dianteira com a multimídia de ótima resolução mas que concentra todos os comandos do veículo. Isso obriga o motorista a desviar o olhar de forma constante para a tela, o que é ainda mais grave em um modelo topo de linha.

Dirgindo o carro se nota a preocupação com o conforto, embora seja inferior aos carros da Volvo como o XC40 e o C40 elétricos. O curso é amplo, a direção é bem calibrada e a visibilidade bem adequada com destaque para o retrovisor sem moldura.

Itens de segurança do Volvo EX30

O Volvo EX30 tem pacote completo de itens de série ativos e passivos de segurança: controle de cruzeiro adaptativo com alerta de colisão frontal, frenagem autônoma de emergência, assistente de permanência em faixa, leitura de placas de trânsito (funcionando bem em todo o trajeto), alerta de tráfego cruzado traseiro entre outros itens.

Embora não tenha o painel à frente do volante, um dos destaques do carro é o sensor de atenção do motorista capaz de detecctar o cansaço e a distração de forma automáica.
para ouvir música, o Volvo EX30 Ultra tem som Harman Kardon com um Sound Bar localizado abaixo do para-brisa. Apesar da qualidade do som que sai da parte central do painel, poderia ser melhor se tivesse uma solução mais convencional de alto falantes.

Preços e conclusão
Com preços a partir de R$ 229,9 mil a versão Core é bem simplificada sem teto, rodas aro 18, bancos em material sintético com tecido e ajustes manuais. A versão mais completa, a Ultra, que avaliamos nesta viagem sai por R$ 293.950.
É clara a distância do EX30 para um Volvo XC40 ou C40 no quesito refinamento, tecnologia e dirgibilidade. Mas tudo tem seu preço. A aposta da Volvo está no maior volume de vendas para a marca em um produto de volume e preço mais acessível. Já existem 2.000 unidades vendidas do Volvo EX30 até agora o que é um feedback inicial positivo para a nova gestão da marca.