Imagem Jumbotron

Volkswagen Taos precisa ter “preço de Compass” para ser competitivo

SUV médio será apresentado em 13 de outubro por meio de uma Live. Por Marcos Camargo Jr

Hoje a Volkswagen apresentou ao mercado brasileiro as primeiras imagens camufladas do Crossover médio Taos, futuro lançamento da marca por aqui. 

Ele irá ocupar o espaço entre o T-Cross Highline com motor e o Tiguan Allspace de entrada com cinco lugares. Em termos de preço, estamos falando de um hiato entre R$ 120 e R$ 140 mil, justamente onde está o grande competidor e líder Jeep Compass. 

O Taos vai usar uma variação da plataforma MQB-A1, herdará alguns itens do Tharu chinês e deverá ter nos Estados Unidos o motor 1.5 turbo de160 cv e 25,4 kgfm de torque na produção mexicana e aqui no Brasil (e na América do Sul como um todo) o já conhecido 1.4 TSI de 150cv. 

Mas o que ele precisa ter para emplacar definitivamente? Se mirar o líder que vende cerca de 4,5 mil unidades por mês o Taos precisa ter preço de Compass. Hoje o Crossover da Jeep tem proposta off-road (mesmo que não seja) e preço entre R$ 120 e R$ 150 mil com bons descontos para vendas corporativas (CNPJ). Isso é que o faz tão bem sucedido neste segmento e aponta o caminho para o sucesso do Taos. 

Outros modelos também são competitivos. O Mitsubishi Eclipse Cross custa a partir de R$ 137 mil com vantagem do motor 1.5 turbo e tração integral. Já o Chevrolet Equinox tem o mesmo 1.5 turbo e pacote interessante de itens por R$ 139 mil. Neste segmento a Volkswagen terá que se movimentar bem para chegar ao consumidor exigente de um SUV médio. O tempo que irá definir o sucesso (ou não) do Taos e seu posicionamento entre T-Cross e Tiguan. 

Hoje a Volkswagen apresentou ao mercado brasileiro as primeiras imagens camufladas do Crossover médio Taos, futuro lançamento da marca por aqui. 

Ele irá ocupar o espaço entre o T-Cross Highline com motor e o Tiguan Allspace de entrada com cinco lugares. Em termos de preço, estamos falando de um hiato entre R$ 120 e R$ 140 mil, justamente onde está o grande competidor e líder Jeep Compass. 

O Taos vai usar uma variação da plataforma MQB-A1, herdará alguns itens do Tharu chinês e deverá ter nos Estados Unidos o motor 1.5 turbo de160 cv e 25,4 kgfm de torque na produção mexicana e aqui no Brasil (e na América do Sul como um todo) o já conhecido 1.4 TSI de 150cv. 

Mas o que ele precisa ter para emplacar definitivamente? Se mirar o líder que vende cerca de 4,5 mil unidades por mês o Taos precisa ter preço de Compass. Hoje o Crossover da Jeep tem proposta off-road (mesmo que não seja) e preço entre R$ 120 e R$ 150 mil com bons descontos para vendas corporativas (CNPJ). Isso é que o faz tão bem sucedido neste segmento e aponta o caminho para o sucesso do Taos. 

Outros modelos também são competitivos. O Mitsubishi Eclipse Cross custa a partir de R$ 137 mil com vantagem do motor 1.5 turbo e tração integral. Já o Chevrolet Equinox tem o mesmo 1.5 turbo e pacote interessante de itens por R$ 139 mil. Neste segmento a Volkswagen terá que se movimentar bem para chegar ao consumidor exigente de um SUV médio. O tempo que irá definir o sucesso (ou não) do Taos e seu posicionamento entre T-Cross e Tiguan. 

Compartilhar:

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Mais lidos

Imagem Media

Carro novo ou usado? Qual escolher?

Imagem Media

Comissão do Senado aprova fim dos carros a gasolina no Brasil

Imagem Media

Prós e contras Jeep Renegade Limited 2020

Compartilhar:

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Carros que você talvez gostaria:

Imagem Jumbotron

Garanta já sua participação no maior feirão de Compra e Venda de carros no Brasil – AutoShow –

O Feirão AutoShow possui mais de 10 mil ofertas e milhares de compradores em busca de fechar um bom negócio. Compre ou venda já seu carro no Feirão.