Imagem Jumbotron

Vendas de veículos podem recuar até 40% este ano, diz Anfavea

Crise do coronavírus levará a prejuízos no setor automotivo acostumado a enxergar a longo prazo. Por Marcos Camargo Jr

A crise do coronavírus leva a uma paralisação profunda no setor automobilístico acostumado a olhar para o longo prazo. Em maio foram vendidos 56.705 veículos leves; 44.137 automóveis e 12.568 comerciais leves. Entre janeiro e maio, foram licenciados 642.453 veículos leves. 

A queda nas vendas fez a Anfavea, associação de fabricantes do setor, a revisar para baixo a projeção nas vendas. A entidade acredita que em 2020 as vendas devem cair 40%. No início do ano a projeção de expansão era de 9,5%. 

O presidente da Anfavea Luiz Carlos Moraes reuniu na última semana jornalistas especializados do setor em uma entrevista virtual para comentar sobre o momento vivido pela indústria. 

Considerando algumas premissas, como dólar alto, queda na confiança, vemos tudo com muita preocupação em termos de sobrevivência da indústria, da garantia de emprego e se confirmarmos esse número [de queda de 40%] a retomada será muito lenta, algo que levará de três a quatro anos", disse Moraes.

Com 1,2 milhão de empregados no setor o risco de se manter um patamar baixo de vendas é o desemprego. “Cada montadora definiu uma estratégia e o retorno às atividades foi feito em base desse mecanismo. Estoque e flexibilidade da MP 936 são alguns desses elementos. Cada fábrica é um caso e tem sindicatos diferentes. De maneira geral a garantia de emprego de emprego iria até outubro novembro mas não podemos trabalhar com esta ociosidade", alertou. 

Moraes trouxe números que destacam a queda vertiginosa nas vendas de veículos. No segmento de novos o patamar de 50 mil é 80% menor que os tempos pré pandemia. Já no segmento dos usados cerca de 200 mil veículos transacionados também é menos da metade do comum. “Estavamos emplacando 11 a 12 mil carros novos por dia, só para dar uma dimensão dos números prévios da pademia. Agora vamos ver como será a retomada com a economia muito mais fraca”, concluiu. 

Primeira semana positiva

Dados do Renavam apontam que as vendas iniciaram recuperação no primeira semana de junho onde 20,5 mil unidades foram vendidas. A média diária chegou a 4.000 veículos por dia o que aponta para uma recuperação.

Compartilhar:

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Mais lidos

Imagem Media

Carro novo ou usado? Qual escolher?

Imagem Media

Comissão do Senado aprova fim dos carros a gasolina no Brasil

Imagem Media

Prós e contras Jeep Renegade Limited 2020

Compartilhar:

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Carros que você talvez gostaria:

star
FIESTA | SED. 1.6 8V FLEX 4P

2012/2013 • 4 portas • 147.000 km

27.000
star
VECTRA | GLS/EXPRES.2.2/ 2.0 E 2.0 CD 8V

1994/1994 • 4 portas • 146.320 km

13.500
star
FIT | EX/S/EX 1.5 FLEX/FLEXONE 16V 5P AUT.

2018/2017 • 4 portas • 40.400 km

62.900
star
207 | SEDAN PASSION XR 1.4 FLEX 8V 4P

2008/2009 • 4 portas • 77.000 km

16.700
Imagem Jumbotron

Garanta já sua participação no maior feirão de Compra e Venda de carros no Brasil – AutoShow –

O Feirão AutoShow possui mais de 10 mil ofertas e milhares de compradores em busca de fechar um bom negócio. Compre ou venda já seu carro no Feirão.