AutoShow

Veículos usados surgem como novo atrativo perante a crise

A crise econômica que o país vive em 2015 atingiu em cheio o comércio de carros novos, que recuou em torno de 17% no primeiro trimestre do ano. Por outro lado, a venda de carros usados, ou seminovos, como muitos denominam, teve alta de 2,27% no mesmo período, segundo dados da Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Mas por que em meio à crise, este mercado aqueceu?
É isso que você vai entender através da leitura deste post. Confira:


 

aumento de preço dos carros novos

Terminou no dia 31 de dezembro de 2014 o incentivo econômico que o governo concedeu às montadoras. O imposto sobre produtos industrializados, o IPI, retornou à sua alíquota original, aumentando para o consumidor final o custo dos veículos em torno de 5%. Além do IPI, um novo cenário se instalou com o aumento da energia elétrica, da água, de combustíveis (impactando diretamente nos fretes), que, consequentemente aumentou também o custo de produção dos veículos.

Para você ter ideia do impacto real, o Renault Sandero 1.0 Expression foi o modelo que mais sofreu aumento. Seu valor passou de R$36.870,00 para R$40.060,00 de dezembro de 2014 para maio de 2015, respectivamente. A alta foi de consideráveis 8,65% em um curto período de tempo.

oportunidade no mercado de usados

dicas-financiar-carro-novoA alta de preços não reflete diretamente nos usados, afinal, o IPI, o custo de produção e o transporte, já foram pagos nesses veículos quando eles foram vendidos como 0km.
Outro fator que deve ser considerado, é que o usado não tem custo de emplacamento e possui valor de IPVA mais barato, quando comparado ao mesmo veículo novo.
É nesse momento que um veículo usado começa a se tornar atrativo no mercado, uma vez que a diferença entre um novo e usado aumentou muito, somando impostos e custo de aquisição.

desvalorização do modelo novo

carros-seminovosUm veículo tradicional, fabricado e vendido no Brasil, possui uma desvalorização média de 15% já no primeiro ano e cerca de 10% no seu segundo ano. A partir de então, sua desvalorização passa a ser menos acentuada, portanto, comprar um carro usado é sofrer uma depreciação muito menor do que quando se compra um modelo novo. Outra vantagem de um veículo usado é poder comprar opções melhores, de categorias superiores, por um preço equivalente a um modelo básico, porém zero-quilômetro.

realizando a compra

Comprar um carro usado não é tão difícil como alguns pensam. O ideal é comprar em lugares confiáveis e, em caso de insegurança, pedir ajuda a quem entenda do assunto. COMO-APROVEITAR-O-MAXIMO-TEST-DRIVE-NA-CONCESSIONARIALeve seu mecânico de confiança antes de fechar negócio e tenha a certeza de que estará fazendo um bom negócio. Faça um test drive no carro, e certifique-se do bom funcionamento de ar-condicionado, acionamento de vidros e retrovisores, teto solar, entre outros opcionais.

Uma dica valiosa é procurar feirões tradicionais. É neste ambiente que você encontrará uma enorme variedade de marcas, modelos e categorias diferentes. Devido ao grande número de veículos, é comum encontrar automóveis com grandes descontos, muitos deles novos e bem conservados a ponto de ainda possuírem garantia original de fábrica, e outros muito pouco rodados.

Outra vantagem dos feirões são as condições especiais de financiamento, devido ao grande volume de negociações, com aprovação de crédito mais fácil e rápida e taxa de juros menores. Não perca a chance de procurar por um carro seminovo. Faça as contas, pesquise, e compare. As diferenças irão lhe surpreender! E se você ainda ficou com alguma dúvida escreva para nós através dos comentários!


 

VEJA AS VARIEDADES DE MARCAS, MODELOS E PREÇOS QUE O FEIRÃO PROPORCIONA PARA VOCÊ
TODO DOMINGO
A PARTIR DAS 6 HORAS

1anhembi 2abc

COMPRARPRECOSWWW.AUTOSHOW.COM.BR