AutoShow

Vai vender o carro em 2023? Veja 5 dicas para valorizar o seu usado e vender no feirão

Vender um carro usado ficou mais difícil em 2022. Com a retomada da produção em maior volume os usados perderam valor ao longo do ano em média 15% segundo a tabela FIPE

AutoShow conta com uma ótima infraestrutura nos feirões de domingo: conheça. Por Felipe Salomão

Com a retomada da produção em maior volume os usados perderam valor ao longo do ano em média 15% segundo a tabela FIPE

Vender um carro usado ficou mais difícil em 2022. Com a retomada da produção em maior volume os usados perderam valor ao longo do ano em média 15% segundo a tabela FIPE. Portanto, se você quer vender o seu usado por um bom valor é bom seguir os cinco passos do AutoShow, referência em feirões de carros usados pelo país. Aproveite e veja como participar dos feirões neste passo a passo para vender o seu carro de forma simples e rápida.

Um carro sujo simplesmente não atrai a atenção de ninguém

1 – Lave o carro e deixe-o brilhando
Infelizmente algumas pessoas não lavam o carro antes de vendê-lo ou anunciá-lo. Um carro sujo simplesmente não atrai a atenção de ninguém. Portanto, sempre mantenha o carro limpo e, se possível, faça um polimento na pintura para deixá-lo ainda mais bonito. Você pode fazer isso em casa e neste caso lave sob a sombra e jamais no sol ou pague um lava rápido para fazer isso. Depois faça muitas fotos detalhadas do veículo: internas, externas, motor, bancos, porta-malas, painel, etc. não custa nada e você vai transmitir mais confiança ao comercializar seu carro com interessados.

Carro usado com documentação “enrolada” é sinônimo de grandes problemas

2 – Foco na documentação
Carro usado com documentação “enrolada” é sinônimo de grandes problemas. Então, para não inviabilizar o negócio, faça a quitação de débitos como IPVA, licenciamento e multas, assim a venda será feita de forma transparente e fácil. Não deixe para descontar o valor no momento da venda. O ideal é deixar o carro pronto para iniciar a transferência para o novo dono.

Ao não manter a manutenção em dia, o atual dono mostrará para o possível comprador que o carro foi tratado com desleixo

3 – Manutenção em dia
Ao não manter a manutenção em dia, o atual dono mostrará para o possível comprador que o carro foi tratado com desleixo. Desta forma, antes de vendê-lo faça uma boa revisão vendo pontos essenciais como motor, troca de óleo e filtros, câmbio, freios e parte elétrica. Sempre guarde a nota fiscal para comprovar que a manutenção foi feita e, também, ajuda na hora de anunciar e negociar um bom valor.

Fale se o veículo foi batido, o que foi feito em termos de manutenção, entre outros problemas

4 – Seja transparente
Seja sempre transparente para o comprador. Portanto, fale se o veículo foi batido, o que foi feito em termos de manutenção, entre outros problemas. Lembre sempre que mentira tem perna curta e com uma vistoria cautelar é fácil descobrir todos os problemas que o carro teve. Se puder já antecipe e faça o laudo para apresentar aos interessados. Isso transmite confiança.

Parece óbvio mas infelizmente algumas pessoas não tratam bem os interessados e parecem se apegar ao carro na hora de vender

5 – Responda rápido e seja gentil
Parece óbvio mas infelizmente algumas pessoas não tratam bem os interessados e parecem se apegar ao carro na hora de vender. Se receber uma boa proposta diga sim sem enrolar, mas se a proposta não for boa dia não de maneira direta e educada. É importante lembrar de não deixar para amanhã o negócio que pode ser fechado hoje. Ao anunciar o carro na internet fique atento aos chats de mensagens e responda rápido. Ao vender o carro em um feirão fique próximo do veículo e interaja com os interessados, mostrando o carro em detalhes para uma negociação transparente.

Procura um carro novo? Veja no AutoShow mais de 40.000 classificados de veículos e participe dos feirões presenciais realizados todo domingo das 7h às 13h no Expo Center Norte e Shopping ABC