AutoShow

Tchau V8: Mercedes-AMG GLC passa ter motor 2.0 turbo de 680 cv

O novo Mercedes-AMG GLC passa a contar com motor de quatro cilindros 2.0 litros turbo de 680 cv e não mais com um V8 biturbo na Europa

SUV faz de zero a 100 km/h em 3,5 segundos e motorização traz tecnologia da Fórmula 1. Por Felipe Salomão

GLC 63 S Performance conta com bateria de 6,1 kWh, o que permite rodar até 12 km no modo elétrico – Foto: Mercedes-Benz/Divulgação

O novo Mercedes-AMG GLC passa a contar com motor de quatro cilindros 2.0 litros turbo de 680 cv e não mais com um V8 biturbo na Europa. De acordo com a marca, o crossover tem tecnologia da Fórmula 1 e pode fazer de zero a 100 km/h em apenas 3,5 segundos.

Versão 43 pode fazer de zero a 100 km/h em apenas 4,8 segundos – Foto: Mercedes-Benz/Divulgação

Visualmente, o Mercedes-AMG GLC conta com uma ampla grade frontal com a logomarca da empresa ao centro, amplas entradas de ar e faróis no formato de gota. A traseira traz quatro saídas de escapamento e faróis no formato de triângulo. Por dentro, tem uma ampla tela de painel de instrumentos e outra na vertical como central multimídia.

Por ser um híbrido plug-in também pode ser carregada em um posto elétrico – Foto: Mercedes-Benz/Divulgação

Sob o capô, o novo Mercedes-AMG GLC agora é equipado com motor de quatro cilindros 2.0 litros turbo com auxílio elétrico no eixo rotor do turbo. Na versão GLC 43 esse propulsor entrega 421 cv com 51 kgfm de torque e um sistema de 48 volts. A transmissão é automática de nove velocidades. Essa configuração pode fazer de zero a 100 km/h em apenas 4,8 segundos e atinge a velocidade máxima de 250 km/h.

Multimídia é ampla e está disposta na vertical – Foto: Mercedes-Benz/Divulgação

Já a opção GLC 63 S Performance tem motor 2.0 litros, mas recebe um turbo maior, que confere potência de 476 cv e 55,6 kgfm de torque. Também conta com um propulsor elétrico no eixo traseiro de 204, totalizando 680 cv com 104 kgfm de torque. O câmbio é de dupla embreagem de 9 marchas e a tração é integral. Essa versão faz de zero a 100 km/h em apenas 3,5 segundos e atinge a velocidade máxima de 275 km/h.

Modelo atinge a velocidade máxima de 250 km/h – Foto: Mercedes-Benz/Divulgação

O Mercedes-AMG GLC 63 S Performance conta com bateria de 6,1 kWh, o que permite rodar até 12 km no modo elétrico. Inclusive, essa bateria pode ser recarregada por meio de um sistema de regeneração utilizado pelos carros da equipe na Fórmula 1. Por ser um híbrido plug-in também pode ser carregada em um posto elétrico.

Procura um modelo da Mercedes-Benz? Veja no AutoShow mais de 40.000 classificados de veículos e participe dos feirões presenciais realizados todo domingo das 7h às 13h no Expo Center Norte e Shopping ABC