AutoShow

Stellantis fechou 2021 com € 13,4 bilhões de lucro líquido

A Stellantis, que é detentora das marcas Chrysler, Citroën, Dodge, Fiat, Jeep, Peugeot e Ram, teve € 13,4 bilhões de lucro líquido em seu primeiro ano de operações

Na América do Sul as comercializações somaram € 10,7 bilhões no primeiro ano de operações da empresa. Por Felipe Salomão

Strada foi o veículo da marca mais vendido no Brasil

A Stellantis, que é detentora das marcas Chrysler, Citroën, Dodge, Fiat, Jeep, Peugeot e Ram, teve € 13,4 bilhões de lucro líquido em seu primeiro ano de operações. Na América do Sul as vendas somaram € 10,7 bilhões no ano passado. É importante lembrar que a companhia foi formada pela fusão dos grupos PSA e Fiat Chrysler Automobiles – FCA.

Marca lançou o Fiat Pulse no ano passado

Segundo dados do balanço global do grupo, a receita líquida foi de € 152 bilhões, com alta de 14% em relação ao período anterior equivalente. Já o lucro operacional ajustado quase dobrou para € 18 bilhões, com margem de 11,8%. Além disso, o relatório da companhia indica um fluxo de caixa industrial livre de € 6,1 bilhões, que foi impulsionado pela lucratividade e sinergias líquidas de caixa. Inclusive, essa execução de sinergias renderam aproximadamente € 3,2 bilhões de benefícios líquidos de caixa.

Commander foi lançado no ano passado

A Stellantis também informou que investirá mais de € 30 bilhões até 2025 em um plano de eletrificação e software. Também firmou parcerias com empresas de tecnologia de bateria, materiais de bateria e desenvolvimento de software. As marcas do grupo lançaram durante 202 o Citroën C4, Fiat Pulse, DS 4, Jeep Grand Cherokee, Wagoneer, Commander, Maserati MC20, Opel Mokka, Opel Rocks-e e Peugeot 308.

Cronos foi o mais vendido na Argentina

Entre janeiro e dezembro do ano passado as empresas aumentaram o portfólio de vans movidas a células de combustível de hidrogênio e, também, a motores elétricos. Ao todo, foram vendidas 388 mil unidades, o que representa 160% a mais do que no ano anterior. Já os veículos comerciais tiveram mais de 1 milhão de unidades compradas em todo o mundo.

208 foi o carro mais vendido na União Europeia

Na América do Sul, a Stellantis foi líder de vendas nos mercados brasileiro e argentino. Ao todo foram comprados mais de 830 mil carros das marcas do grupo, o que representa um crescimento de 48% ante o ano anterior. De acordo com a empresa, as vendas somaram € 10,7 bilhões, com 8,3% de margem. A marca mais vendida no Brasil foi a Fiat, com a Strada sendo o veículo mais comprado por aqui. Já na Argentina o carro mais negociado foi o Fiat Cronos.

2008 foi o SUV compacto mais vendido na Europa

Na América do Norte, o Jeep Wrangler 4xe foi o carro elétrico híbrido plug-in mais comercializado nos Estados Unidos em 2021. No velho continente, teve 33,7% de mercado na União Europeia com o Peugeot 208 sendo o veículo mais comprado na região. Já o Peugeot 2008 foi líder na categoria de SUVs compactos. No mercado chinês, foram comprados mais de 100 mil veículos da marca. Já a África e o Oriente Médio tiveram um crescimento de 6%.

Procura um carro novo? Veja no AutoShow mais de 40.000 classificados de veículos e participe dos feirões presenciais realizados todo domingo das 7h às 13h no Expo Center Norte e Shopping ABC