Imagem Jumbotron

Saiba quais são as principais diferenças entre Polo e Virtus GTS

Virtus é o primeiro sedã da marca com as siglas GTS, que surgiram com o Gol em 1985 quando o compacto ganhou o motor do Santana. Por Guilherme Magna

A Volkswagen apresentou na última semana os novos Polo e Virtus GTS. O sedã que chega às concessionárias essa semana tem preços a partir de R$ 104.940 e é equipado com o mesmo conjunto mecânico (motor e câmbio) do Polo GTS, oferecendo de série idênticos recursos tecnológicos. O motor é o mesmo usado na linha Audi, Jetta, nas versões mais caras do T-Cross e nas mais em conta da Tiguan.

Auto Show irá explicar quais são as principais diferenças e semelhanças do carro. Afinal, todo mundo sabe que o GTS é o "revival" dos esportivos que surgiram aqui com o Gol GTS nos anos 1980.

Tanto o sedã, quanto o hatch são produzidos na Fábrica Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP). Assim como toda a linha Polo e Virtus. Porém, os motores que equipam ambos os carros são produzidos na planta da montadora em São Carlos, também em São Paulo.

Ainda falando de semelhanças, ambos os carros são equipados com faróis full LED, para-choques específicos da versão GTS e a grade do radiador do tipo colmeia traz o logo da versão GTS que surgiu nos anos 1980 para batizar uma das versões do Gol.

As rodas também são as mesmas, tanto para o Polo quanto para o Virtus. São diamantadas e têm 17 polegadas com pneus 205/50 R17.

A suspensão também ganhou alterações e segundo a VW está calibrada para esportividade, o que auxilia na estabilidade em altas velocidades. Porém o Polo e Virtus, tem calibração diferente, isso também ocorre porque o modelo sedã é maior de comprimento, mas diferente do que pode parecer, a estabilidade no sedã é maior do que no hatch.

O Virtus GTS traz detalhes como defletor traseiro pintado em preto brilhante sobre a tampa do porta-malas e a seção inferior do para-choque traseiro exclusiva. As lanternas traseiras são escurecidas, mas somente no caso do Polo são em LED. As capas dos retrovisores são pintadas na cor preto brilhante. O interior do Virtus GTS tem teto, bancos e laterais de porta na cor preta, assim como no Polo.

Como já citamos a motorização é a mesma que equipa o Polo GTS: 1.4 litro, 150 cv e 250 Nm de torque com etanol ou gasolina, combinado ao câmbio automático de seis marchas AQ 250.

Compartilhar:

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Mais lidos

Imagem Media

Carro novo ou usado? Qual escolher?

Imagem Media

Comissão do Senado aprova fim dos carros a gasolina no Brasil

Imagem Media

Prós e contras Jeep Renegade Limited 2020

Compartilhar:

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Carros que você talvez gostaria:

Imagem Jumbotron

Garanta já sua participação no maior feirão de Compra e Venda de carros no Brasil – AutoShow –

O Feirão AutoShow possui mais de 10 mil ofertas e milhares de compradores em busca de fechar um bom negócio. Compre ou venda já seu carro no Feirão.