AutoShow

Polo Track 2023: ficha técnica, preço e detalhes do sucessor do Gol

Volkswagen diz que Polo Track seguirá o legado do Gol em um carro mais moderno e seguro

Novidade não tem nada do falecido Golzinho: do nome à plataforma é tudo diferente. Por Marcos Camargo Jr.

Modelo é vendido por R$ 79.090

O AUTOSHOW já trouxe os detalhes e um teste completo do Polo Track, novidade que chega ao portfólio com uma missão muito difícil: substituir o Gol como carro de entrada da marca. Com o lançamento do Polo Track a Volkswagen diz que ele seguirá o legado do Gol em um carro mais moderno e seguro. Mas isso é verdade? E o que o Track traz do Gol para de fato ocupar seu lugar?

Modelo vem equipado com motor MPI 1.0 três cilindros de até 84 cv

Primeiro vale dizer que o Polo Track é um carro R$ 7 mil mais caro que o antigo Gol MPI, versão de entrada do extinto compacto. Porém, o Polo Track não traz nada do Gol começando pela plataforma e itens de segurança. Trata-se de um carro completamente novo. Ou melhor: antigo. Ele é baseado no Polo que estreou em 2018 incluindo seu visual.

Polo Track utiliza a plataforma MQB

O Polo Track não recebeu o nome de Gol, como sugeriram alguns clientes justamente porque ele não traz quase nada do compacto que saiu de linha além do motor. O Polo Track é construído sobre a plataforma MQB, a mesma de todos os produtos atuais da gama Volkswagen produzidos no Brasil incluindo o novo Polo.

Modelo é derivado do Polo lançado em 2018

O motor sim é o mesmo que era usado no Gol: MPI 1.0 três cilindros de 77/84cv e até 10,3kgfm de torque, propulsor que estreou por aqui no Up! e também é usado no novo Polo de entrada na versão MPI.

Modelo tem faróis, grade, lanternas e o perfil lateral do Polo 2018

O estilo usado pela Volkswagen no Polo Track é derivado do Polo lançado em 2018 e que foi usado até o final do ano passado. O formato dos faróis, grade, lanternas e o perfil lateral é o mesmo. Do Gol veio a inspiração na simplicidade: nas peças externas nada traz pintura e sim apenas o plástico na cor preta. Não há nenhuma peça do GOL compatível com o Polo Track.

Modelo não tem opção de multimídia, mas apenas um rádio Bluetooth

Por dentro, nada do Gol a não ser a esperada simplicidade. O novo volante espumado traz o logo da Volkswagen, o painel é analógico com a parte central digital usando display de sete segmentos e não uma tela de alta resolução. Não há opção de multimídia mas sim um rádio Bluetooth que é de série.

Interior tem bancos dianteiros inteiriços

O Polo Track também corrige alguns erros de ergonomia do Gol permitindo uma posição de pilotagem bem mais confortável. Com o mesmo motor MPI e o mesmo câmbio, mudam, porém, o escalonamento das marchas e a suspensão é um pouco mais rígida inspirada no Gol. O Polo Track também se diferencia do novo Polo pelo acerto da suspensão, amortecedores e conjunto de buchas e outros ajustes para maior durabilidade. A robustez é inspirada justamente na fama que vinha do Gol.

Modelo traz volante com comandos para ajustar rádio e computador de borbo

O Polo Track vem com quatro airbags, dois a mais que o Gol, volante com comandos para ajustar rádio e computador de bordo, bancos dianteiros inteiriços (como no novo Polo), assistente de partida em subida, controle eletrônico de estabilidade, sistema ISOFIX, alerta de afivelamento do cinto de segurança, bloqueio eletrônico de diferencial, travamento elétrico e remoto das portas, direção elétrica, ar-condicionado com filtro de poeira e pólen, entradas USB, antena de teto, entre outros equipamentos.

Marca também lançou a versão 1st Edition do Polo Track

Pena que o preço não seja de Gol. O compacto que saiu de linha em dezembro custava R$ 72 mil na versão de entrada MPI. O carro que ocupa seu lugar é R$ 7 mil mais caro, e custa R$ 79.090,00. O Track terá ainda uma versão mais simples sem rádio destinada apenas a frotistas. Sendo bem mais equipado e de construção superior, deverá manter os bons índices de venda e concorrer em pé de igualdade com Chevrolet Onix, Hyundai HB20, Renault Stepway, Fiat Argo, Peugeot 208 Style e Citroën C3, todos na faixa entre R$ 72 e R$ 82 mil, e equipados com motor três cilindros aspirado na mesma faixa de potência e com itens de série parecidos com os do Polo Track. O consumidor dirá quem deve se destacar mais em um segmento disputado como esse.

Procura um Volkswagen Polo? Veja no AutoShow mais de 40.000 classificados de veículos e participe dos feirões presenciais realizados todo domingo das 7h às 13h no Expo Center Norte e Shopping ABC