AutoShow

Picape híbrida da BYD terá 480cv e algumas novidades: conheça

Marca revela dados técnicos sobre seu maior lançamento do ano. Por Redação

imagem da BYD propõe uso off road da picape (BYD)

A BYD segue compartilhando informações a respeito de sua picape híbrida que estreia ainda neste ano. Depois de alguns flagras pela primeira vez a BYD revelou informações sobre o motor da utilitária.

Picape de porte médio ainda camuflada (BYD Divulgação)

A picape híbrida da BYD terá mesmo motor 1.5 que estará conectado a dois motores elétricos que vão somar 480cv e tração integral elétrica, mais forte do que concorrentes como Chevrolet Silverado, RAM 1500 e Ford F-150.

Novidade estreia ainda este ano no país (BYD Divulgação)

Ela será feita sobre a plataforma DMO destinada a modelos híbridos de grande porte como o Fang Cheng Bao e o Leopard 6 que são SUVs híbridos de alta potência. Estes veículos tem bateria de 31kwh suficiente para que tenham autonomia elétrica independente do motor a combustão. Essa bateria fará parte da estrutura da picape que terá terá 5,45m de comprimento e 1,97m de largura além de 3,26m de entre eixos.

Plataforma DMO atende a veículos de maior porte com motor híbrido (BYD Divulgação)

A BYD afirma que “a integração da Plataforma DMO Super Híbrida Off-road nos novos caminhões pickup de energia nova da BYD alcança uma fusão de desempenho off-road robusto, conforto e eficiência energética. Essa oferta inovadora visa proporcionar uma experiência superior que ultrapassa os
caminhões pickup convencionais, posicionando-se como um agente de mudança no mercado.”

480cv a bordo e tração 4×4 (BYD Divulgação)

Apesar das informações divulgadas, segundo a BYD estes são apenas “parâmetros” dos novos produtos e não necessariamente itens que veremos na futura picape.

Feirão AutoShow em São Paulo (Divulgação)

A BYD ainda não crava o lançamento da picape que deve ficar para o segundo semestre deste ano. Na linha mais próxima da estratégia de produtos a BYD deve lançar aqui o sedã híbrido Qin, a reestilização do Tan, o Yuan Plus e novas versões de híbridos como o Song Plus que já mudou na China e tem tudo para estrear por aqui nos próximos meses.