AutoShow

Peugeot 208 ganha motor 1.0 do Pulse: veja fotos, preços e versões

Compacto é o hatch mais rápido do Brasil e chega a 206km/h. Por Marcos Camargo Jr

peugeot 208 com motor T200 (Peugeot Divulgação)

A Peugeot vem se dando muito bem após a parceria que formou o grupo Stellantis. Com portfólio enxuto, a marca francesa cresceu 160% nas vendas nos últimos dois anos. É isso se deve basicamente ao Peugeot 208, lançado no meio da pandemia que virou um carro de volume. Agora a estratégia é ampliar a participação com qualidade brigando com modelos turbinados como Onix e HB20. E a grande estreia do Peugeot é o motor turbo T200 fornecido pela Fiat. 

Versões do Peugeot 208 

208 Griffe T200 CVT (Peugeot Divulgação)

O novo motor chega em três versões para a linha 2024 do Peugeot 208 que tem no total sete opções: Like e Style 1.0 Firefly MT5, Roadtrip e Active 1.6 AT6 e agora Allure, Style e Griffe 1.0 turbo CVT.

interior do peugeot 208 (Peugeot Divulgação)

Visualmente o Peugeot 208 muda muito pouco e ainda não recebe o facelift que acaba de estrear na Europa, o que irá acontecer no próximo ano. Em termos visuais as versões turbinadas ganham só o emblema “turbo 200” e indica o uso do motor 1.0 turbo três cilindros de 130cv e 20kgfm de torque associado sempre ao câmbio CVT que simula sete velocidades e conta com modo esportivo.

motor T200: 130cv e 20kgfm (Peugeot Divulgação)

E não foi só o motor que mudou dentro da plataforma CMP do Peugeot 208, a mesma do Citroën C3 e do já revelado C3 Aircross. 

ajustes na plataforma (Marcos Camargo – AUTOSHOW)

Foram feitas alterações no sistema de refrigeração, parte elétrica, câmbio CVT com  nova programação além de sistema de catalisador e admissão de ar. Suspensão com molas e amortecedores também mudaram bem como as pinças do freio. 

com novo motor, chega a 206km/h (Peugeot Divulgação)

“Não era o carro que faltava. O Peugeot 208 turbo complementa a linha atual enquanto temos sucessos dentro da linha como a versão Roadtrip que usa o tradicional motor 1.6”, explica Rafael Filon, diretor de Marketing e Produto da Peugeot.

Por isso, o Peugeot 208 promete ser o mais rápido do segmento. Dados divulgados pela Stellantis mostram que o compacto chega aos 205km/h, acelera de 0-100km/h em 9s e ainda evoluiu em termos de rolagem de carroceria para melhorar sua precisão.

Versões do novo Peugeot 208 turbo

preços e versões (Marcos Camargo – AUTOSHOW)

A primeira versão é a Allure turbo com todos os versões da Active 1.6 como rodas aro 16 Kanobi, DRL em LED, grade com detalhes cromados, som com 4 alto falantes e twitter, volante “sport drive” com comandos de som, câmera de ré, 4 airbags, ar condicionado digital, direção elétrica multimídia de 10 polegadas sem fio e pontos USB-C. Preço: R$ 99,9 mil

Tem como opcional o pacote Excellence com teto panorâmico, carregador de celular sem fio, iluminação interna, volante revestido em couro presente no painel de porta, bancos e apoio de braço e sistema Entry n’ Go (ADML). Preço: R$ 5 mil

208 Style (Marcos Camargo – AUTOSHOW)

A versão Style tem os elementos visuais da versão 1.0 Firefly aspirada traz rodas de liga diamantadas de 17 polegadas Bronx, farois Full LED. Vsiopark 180 graus e grade cromada. No interior há revestimento escuro, soleira e tapetes, painel de porta e bancos em couro com Alcântara com bordado azul e os elementos presentes na Allure como multimídia, alto falantes e volante com comandos de som. Preço: R$ 109,9 mil

208 Griffe (Peugeot Divulgacao)

A versão topo de linha é a Griffe turbo que traz 6 airbags, sensor de chuva e crepuscular, visiopark 180, i-Cockpit, ponteira cromada e assistentes de condução Peugeot Driver Assist (alerta de colisão, frenagem de emergência automática, auxílio de farol alto, reconhecimento automático de sinalização de velocidade, detector de fadiga, alerta e correção de permanência em faixa). Preço: R$ 114,9 mil

gama de modelos 1.0 turbo (Marcos Cmargo Jr)

Por R$ 4.330 é possível acrescentar o Pack Launch que traz spoiler dianteiro, traseiro, saia lateral, ponteira esportiva, luz interna branca e luzes internas Ambient Light além de projetor de LED na porta.

multimídia de 10 polegadas (Peugeot Divulgação)

“Fizemos crescer o segmento B hatch e fizemos esse crescimento na América do Sul com o único modelo que cobre todo o segmento, do 1.0 aspirado com ótimas vendas, o 1.6 aspirado que segue em produção e o competente motor 1.0 turbo”, analisa Filon.

A Peugeot oferece ainda o pacote de 3 revisões no Peugeot 208 pelo valor de R$ 530 independente da motorização. Segundo a Stellantis o 208 ainda tem 18% do preço das peças abaixo dos concorrentes Onix e Polo.

desempenho promete ser melhor que concorrentes (Peugeot Divulgação)

primeira volta

Temos que discordar dos executivos da Peugeot ao dizer que sim a versão turbo era justamente a que faltava. Para um carro compacto e de boa dinâmica, o motor 1.0 aspirado era fraco em altas velocidades comprometido com a economia e o 1.6 não tem a emoção que o 1.0 turbo traz ao Peugeot 208.

208 Style (Peugeot Divulgação)

O motor tem funcionamento instigante, rápido e no modo Sport ajuda no aproveitamento dos 130cv e relações de trocas mais longas mesmo dentro do câmbio CVT. 

Predicados como o porta-malas e o espaço no banco traseiro que é apertado continuam presentes. Mas o Peugeot 208 ficou muito mais agradável neste primeiro contato pois o nível de equipamentos já era adequado para a proposta.

Todo domingo o Feirão AUTOSHOW abre as portas para receber mais de 2.000 veículos usados e 6.000 visitantes. Para comprar e vender visite o maior feirão de carros usados do país.