AutoShow

Pegamos a estrada com Nissan Leaf 2023: confira

A linha 2023 do Nissan Leaf chegou ao Brasil em julho deste ano, quando começou a ser vendido a partir de R$ 292.250 no site da marca

Modelo tem motor elétrico de 149 cv e autonomia para rodar 272 km. Por Felipe Salomão

Dianteira passa a contar com a nova logomarca da empresa

A linha 2023 do Nissan Leaf chegou ao Brasil em julho deste ano, quando começou a ser vendido a partir de R$ 292.250 no site da marca. O modelo vem equipado com motor de 149 cv e tem autonomia de 272 quilômetros. Veja como é viajar com um carro eletrificado saindo de São Paulo até São Roque, no interior do estado paulista.

Traseira tem faróis no formato de “L”

Antes de falar como foi a viagem é preciso apresentar o Nissan Leaf 2023, que ganhou o novo padrão de design da montadora japonesa. A dianteira passa a contar com a nova logomarca da empresa e as rodas de 17 polegadas receberam um novo desenho bem mais arrojado. A traseira tem novos defletores e aerofólio na cor preta. O interior do novo Nissan Leaf 2023 recebeu retrovisor inteligente com câmera, sistema de som Bose, painel parcialmente digital e uma ampla central multimídia com conexão com Android Auto e Apple CarPlay.

Motor elétrico de 149 cv com torque de 32kgfm de torque que não sofreu mudanças

O novo Nissan Leaf 2023 vem equipado com alerta inteligente de mudança de faixa, sistema inteligente de prevenção de mudança de faixa, assistente inteligente de frenagem de emergência, controle inteligente de velocidade, sistema de advertência de ponto cego, visão 360° inteligente com detector de movimento, alerta inteligente de atenção do motorista, sistema de monitoramento de pressão dos pneus e alerta de tráfego cruzado traseiro, entre outros itens.

Modelo traz uma ampla central multimídia com conexão com Android Auto e Apple CarPlay

A Nissan equipou o Leaf 2023 com motor elétrico de 149 cv com torque de 32kgfm de torque que não sofreu mudanças. A bateria de 40 kWh confere uma autonomia de 272 quilômetros de acordo com Inmetro. No site da Nissan é possível comprar o Leaf 2023 a partir de R$ 292.250 na cor preto premium. Também tem o valor de R$ 295.100 no tom vermelho magnético, branco diamond e cor cinza shark, sendo que essas opções têm teto preto premium.

Modelo tem bateria de 40 kWh confere uma autonomia de 272 quilômetros de acordo com Inmetro

Elétrico na prática
Tudo começou no dia 29 de setembro, quando o R7 Autos Carros saiu da avenida Ibirapuera na capital paulista com destino ao hotel Villa Rossa, em São Roque, no interior de São Paulo. O trajeto não é nada complicado e incluiu os corredores da marginal do Rio Pinheiros e Tietê para acessar a rodovia Castelo Branco, vias expressas mas carregadas com o tráfico pesado do dia a dia.

Modelo tem um amplo espaço interno

A praticidade e desempenho verificados na versão anterior (que já testamos) fica evidente e o uso do Leaf na prática ficou melhor com os assistentes à condução.

Antes de chegar em São Roque fizemos uma parada, mas não foi preciso carregar o Leaf 2023

Na cidade chama atenção
No trecho urbano o Nissan Leaf 2023 é um carro como outro qualquer, embora o design arrojado chame bastante a atenção por onde ele passa. Contudo, a dirigibilidade é como um veículo a combustão com exceção do ruído. Além disso, a regeneração da bateria foi aprimorada enquanto o torque é sempre imediato e agrada.

Porta-malas tem a capacidade 435 litros

Já na estrada, as tecnologias colocadas no Nissan Leaf 2023 ajudam o motorista a ter uma condução eficiente e segurança, pois com a ajuda do e-Padel ao tirar o pé do acelerador o veículo elétrico naturalmente regenera a bateria, o que faz pouco ainda mais “combustível”. Outro ponto importante desta tecnologia é que ela auxilia na frenagem do carro, ou seja, em caso de uma possível colisão o Leaf 2023 ganha ainda mais força no pedal do freio, evitando acidentes tanto em congestionamentos quanto na rodovia. Um ponto importante foi a troca do conector de recarga que era do tipo japonês CHAdeMO que existia uso de um adaptador. Agora o Leaf usa conector do tipo 2 (europeu) que é mais comum de se encontrar.

Chegamos ao destino final com 50% da bateria permitindo andar mais de 130 km

Chegamos ao destino final com 50% da bateria permitindo andar mais de 130 km segundo a instrução do computador de bordo. Claro, para voltar a São Paulo foi preciso fazer uma recarga noturna inquérito foi feito em pontos do tipo wallbox que varia entre 7 e 11kw. Saímos do hotel com 100% de carga e chegamos na avenida Ibirapuera, sede da Nissan, com 51% de bateria, o que conferia mais 136 km de autonomia. Todo o percurso na ida e na volta no dia 30 de setembro foram feitos em uma velocidade média de 100 km/h na estrada e trechos iniciais e finais com muito trânsito. Inclusive, na volta com muita chuva e trânsito, a velocidade média foi de 56 km/h.

Para voltar a São Paulo foi preciso fazer uma recarga

Portanto, é possível fazer viagens curtas com o Nissan Leaf 2023 e programar os pontos de parada para recarga. Ponto positivo é que já é possível fazer viagens mais longas com modelos que rendem em média 300km de autonomia uma vez que há pontos de recarga rápida (100kw) e gratuita em várias estradas que saem da capital paulista como Régis Bittencourt, Anhanguera e Bandeirantes como iniciativa da Volvo e pontos de carga lenta em todas as estradas sempre por iniciativa da concessionária ou de estabelecimentos comerciais.

Chegamos em SP com 51% de bateria, o que conferia mais 136 km de autonomia

Assim, o Leaf evolui para disputar o novo espaço dos elétricos como o Chevrolet Bolt recém renovado além do Renault Zoe e uma infinidade de modelos elétricos que já existem no mercado.

Procura um Nissan Leaf? Veja no AutoShow mais de 40.000 classificados de veículos e participe dos feirões presenciais realizados todo domingo das 7h às 13h no Expo Center Norte e Shopping ABC