AutoShow

Passat vai voltar? Chineses terão nova versão de nome curioso: conheça

Passat Magotan reestreia e será o 11º veículo da marca no país. Por Redação

Volkswagen Passat Magotan em imagem de registro (Ministério de Ciência – governo chinês)

Depois de quase 50 anos de história, o Volkswagen Passat terá um sucessor com motor elétrico, o ID.7. E enquanto os europeus se preparam para a transição na linha do sedã mais tradicional da marca os chineses terão a continuidade do Passat com o sobrenome “Magotan”
Esse veículo é feito sobre a plataforma MQB-Evo, a mesma da Variant híbrida na Europa.

interior do Passat Magotan em imagem revelada na China (Ministério de Ciência – governo chinês)

Depois de vários flagras o Ministério de Ciência e Tecnologia divulgou as imagens de registro do sedã Magotan que tem perfil afilado nos farois, linhas mais “orientais” especialmente na traseira mas se mantém fiel ao perfil de um carro familiar e espaçoso ao mesmo tempo.

Passat Magotan rodando em testes (Carscoops divulgação)

O Passat chinês é feito sobre a plataforma MQB-EVO, uma evolução da MQB que temos aqui (onde são feitos Polo, Virtus, Nivus, T-Cross e Taos) e o registro das imagens no Ministério da Ciência da China mostra que o sedã terá opções de motor TSI, eTSI e até modelos híbridos (eHybrid) com solução plug-in. Dados técnicos desses motores ainda não foram divulgados.

Passat Magotan 2024 (Ministério de Ciência e Tecnologia – governo chinês)

Embora não saibamos ainda quais motores o Magotan pode usar, os dados de registro apontam para algumas opções que já estão no mercado europeu. É o caso do motor 1.5 TSI na faixa de 150cv e esse mesmo propulsor associado a um motor elétrico. Na europa há duas versões híbridas: uma com 204 e 272cv que certamente estarão disponíveis no Magotan.
A base desse carro seguirá viva na Europa na Variant e também no Skoda Superb. O registro não significa que o carro será lançado agora. O Passat atual vende cerca de 200.000 unidades por ano no mercado chinês sendo um dos líderes até mesmo diante dos sedãs japonesas tamanha a tradição da Volkswagen em modelos como o Santana e outros de porte compacto e médio.


Mas o Passat é apenas mais um produto entre os 10 sedãs que a Volkswagen oferece no mercado chinês desde versões antigas baseadas no Polo, na geração anterior do próprio Passat, o arrojado CC e agora o Magotan de perfil arrojado e esportivo.