AutoShow

Para rivalizar com elétricos, Toyota e GAC mostram motor movido a fertilizante

A marca chinesa Guangzhou Automobile Group e a Toyota desenvolveram um motor 2.0 litros de 161 cv, que pode andar com amônia

Propulsor 2.0 litros entrega 161 cv e pode ser abastecido por amônia. Por Felipe Salomão

Propulsor equipa o conceito GAC Empow e pode ser uma alternativa aos veículos elétricos – Foto: GAC/Divulgação

A marca chinesa Guangzhou Automobile Group e a Toyota desenvolveram um motor 2.0 litros de 161 cv, que pode andar com amônia, utilizada como fertilizante. O propulsor equipa o conceito GAC Empow e pode ser uma alternativa aos veículos elétricos.

Novo combustível permite uma redução de até 90% nas emissões de carbono contra a gasolina – Foto: GAC/Divulgação

O novo motor movido com amônia, que é usado como fertilizante, já equipa navios pelo mundo, sendo uma alternativa ao diesel. Segundo as empresas, o novo combustível permite uma redução de até 90% nas emissões de carbono contra a gasolina. As montadoras ainda informaram que resolveram o problema das altas emissões de nitrogênio, mas não divulgaram como fizeram isso, uma vez que a amônia líquida é tóxica.

Marcas não revelaram quando pretendem lançar um veículo movido a amônia no mundo – Foto: GAC/Divulgação

A GAC e a Toyota destacaram que a produção da amônia pode demandar muita energia, mas assim como o hidrogênio verde, esse combustível pode ser produzido por fontes de energia renováveis, contribuindo para o meio-ambiente e para a diminuição de CO2, uma vez que a queima da amônia líquida é livre de emissões de carbono, hidrocarbonetos e CO2. As marcas não revelaram quando pretendem lançar um veículo movido a amônia no mundo.

Procura um carro novo? Veja no AutoShow mais de 40.000 classificados de veículos e participe dos feirões presenciais realizados todo domingo das 7h às 13h no Expo Center Norte e Shopping ABC