AutoShow

O que avaliar num carro usado?

Com os aumentos sucessivos dos carros 0 km, muitos consumidores estão percebendo que a compra de um carro usado, ou mesmo um seminovo, pode ser um excelente negócio. Com preços mais baixos destes modelos é possível pagar à vista, financiar menos, ou até mesmo comprar um modelo superior pelo preço de um veículo mais simples. É claro que alguns cuidados devem ser tomados, portanto, confira a seguir o que avaliar:


exterior

O que certamente chama mais a atenção do consumidor em um carro usado é seu exterior. Então é importante já começar analisando por ali, logo na pintura, o estado do veículo. Procure por arranhões, amassados e indícios de uma colisão e de reparo malfeito. Se a tonalidade de uma parte do veículo estiver bem diferente de outra, é sinal de repintura, o que pode esconder um acidente leve, ou mesmo grave.

Procure também por partes desalinhadas nos vãos da carroceria, principalmente com relação aos para-choques que são as maiores vítimas de colisões, e veja se as portas e os porta-malas abrem e fecham com facilidade. Confira também o estado geral das rodas e pneus do veículo. Observe se os pneus são da mesma marca e modelo, se estão em boas condições de uso, sem apresentar bolhas, trincas e com desgaste homogêneo. Se você gostar do veículo, mas suspeitar que sofreu um acidente, é melhor consultar um funileiro experiente.

interior

Após a análise do estado geral do exterior, entre no carro e avalie o estado geral de conservação do volante, manopla de câmbio, freio de mão, os pedais de acelerador, freio e embreagem, do cinto de segurança, dos bancos e tapetes. Todos eles precisam apresentar desgaste coerente com a quilometragem do veículo. Por exemplo, um veículo com 20.000 km rodados, deve apresentar sinal de tudo praticamente como novo, sem maiores desgastes.

Caso o contrário, suspeite de adulteração da quilometragem. Por outro lado, um carro com 100 mil km já deve apresentar sinais de uso e desgaste maior e se tudo estiver como novo demais, é sinal de que o veículo pode ter passado por uma reforma mais profunda e, nesse caso, é bom procurar saber o motivo.

itens do carro

novo_gol_f_021Aproveite que você está no carro e peça para dar a partida. Analise o painel, repare se as luzes acendem e apagam em seguida, principalmente da injeção eletrônica, do Airbag e Abs. Uma falha em um desses sistemas pode gerar um custo de reparo alto, por isso é importante observar. Ligue o ar-condicionado do carro e verifique se gela bem. Teste os vidros elétricos, retrovisores elétricos, sistema de som, sensor de ré, teto solar e tudo aquilo que você encontrar no carro. Fique atento e veja se tudo funciona sem ruídos ou funcionamento anormal.

mecânica

Antes de ligar o carro, verifique o nível do óleo, fluido de freio, arrefecimento e direção hidráulica que devem estar no nível indicado. Ligue o carro e verifique se o funcionamento do motor em marcha lenta é suave, e com barulho de funcionamento normal. Peça a alguém que acelere um pouco e fique sempre à procura de algum ruído anormal, principalmente algum barulho metálico ou “grilo” que pode indicar problemas mais graves.

Confira com o lojista, ou antigo proprietário, se as manutenções preventivas (as revisões), foram feitas corretamente, pedindo para verificar o manual do carro com os carimbos de revisões e/ou as notas fiscais dos serviços e peças. Um carro com bom histórico de manutenção é um ótimo sinal de zelo, que você inclusive deve continuar caso compre o carro.

test drive

mulher-dirigindo-1Por fim, dê uma volta no carro e novamente procure por ruídos anormais. Trafegue sobre vias de pavimento ruim, se possível, para avaliar a suspensão e possíveis ruídos internos. Acelere o veículo e teste a disposição do motor e funcionamento do câmbio, principalmente se for automático, que deve apresentar suavidade e funcionamento perfeito. Pare o veículo em uma ladeira e saia com ele novamente para ver se o carro se comporta bem.

E se depois de tudo isso você ainda tiver alguma dúvida, é interessante consultar seu mecânico de confiança ou um especialista, pois eles poderão te garantir que aquele é um ótimo negócio! E você, o que costuma verificar antes de comprar um carro usado? Deixe o seu comentário!


CONFIRA TAMBÉM: 5 dicas de segurança ao transferir a documentação do carroleiamais