AutoShow

Novo Xiaomi SU7: conheça o sedã elétrico que roda até 830km com uma carga

Sedã mira liderança do Tesla Model 3 como carro elétrico mais vendido na China. Por Marcos Camargo Jr

SU7 estreia na China 10% mais barato que o Tesla Model 3 de entrada (Xiaomi Divulgação)

A Xiaomi acaba de apresentar na China a versão final do SU7, um sedã de apelo esportivo que chega aos concessionários no final de abril e já recebeu mais de 100.000 pedidos nos primeiros dias de pré-venda. Com preço 10% menos que o Tesla Model 3 e com mais potência e autonomia, a fabricante de eletrônicos Xiaomi dá um novo passo rumo à mobilidade.
O sedã esportivo SU7 será vendido em três versões: Standart, Max e Pro com preço a partir de US$ 29,9 mil (R$ 149,5 mil em valores convertidos) e estreou em grande estilo.

Volante com botões virtuais e comandos giratórios no SU7 (Xiaomi Divulgação)

O Xiaomi SU7 foi apresentado pelo próprio Lei Jun, CEO da companhia que ficou duas horas no palco falando sobre a novidade e interagindo com os designers que são ex-funcionários de marcas como BMW e Mercedes Benz. Com 4,99m de comprimento, 1,96m de largura, 1,46m de altura e 3,00m de entre eixos, o carro terá três versões de motorização.

SU7 com visual esportivo (Xiaomi Divulgação)

A primeira versão do Xiaomi SU7 Standart oferece motor traseiro de 295cv e 40kgfm de torque com autonomia de 700km (ciclo CLTC chinês), pacote Adas completo e baterias LFP Blade (similar a dos BYD) com 73kwh de capacidade por US$ 29,9 mil. O desenvolvimento da Xiaomi teve a cooperação de empresas como Nio e Li Auto, que são consideradas startups de tecnologia automotiva na China.

Sedã tem quase 5m de comprimento e bons 3m de entre-eixos (Xiaomi Divulgação)

A versão Pro do Xiaomi SU7 vem na sequência com o mesmo motor de 295cv mas alimentado por uma bateria maior da CATL chamada Shenxing battery (LFP) com 94,3kwh suficiente para chegar a 830km de autonomia. O preço é de US$ 34 mil, cerca de R$ 170 mil.

Painel minimalista mas com botões no volante, no console e ampla multimídia (Xiaomi Divulgação)

A versão Max do Xiaomi SU7 tem proposta esportiva com tração integral ao usar dois motores, um em cada eixo, com arquitetura de 800v e somando 663cv e 83kgfm de torque. Esse motor faz de 0-100km/h em 2,7s e chega a 265km/h. Tem pacote avançado Adas Xiaomi Pilot e vem com baterias de 101 kWh CATL Qilin (Níquel, manganês e cobalto) suficientes para 800km por recarga. O preço é US$ 41,5 mil, cerca de R$ 207,5 mil.

fechar