AutoShow

Novo Pulse Abarth: conheça a nova versão esportiva com motor de 185cv (ficha técnica, preço e detalhes)

A Fiat lança hoje o Pulse Abarth no mercado brasileiro, o que representa a volta da divisão esportiva após a comercialização do Stilo e 500 Abarth

SUV promete desempenho esportivo em pacote único inspirado nos clássicos italianos. Por Marcos Camargo Jr.

Novidade faz de 0-100km/h em 7,6s

A Fiat lança hoje o Pulse Abarth no mercado brasileiro, o que representa a volta da divisão esportiva após a comercialização do Stilo e 500 Abarth. Criada por Carlo Abarth, a marca do escorpião começou a trabalhar em projetos Fiat em 1952. Com o SUV esportivo, a Abarth inicia uma estratégia de marcar modelos de alto desempenho com preparação esportiva.

SUV alcança 215km/h de velocidade máxima

Nos últimos anos a Fiat vem apostando em modelos de maior valor agregado e como parte dessa estratégia a Abarth, divisão esportiva da marca, está de volta ao Brasil com o Pulse. Indo muito além do estilo esportivo, o SUV compacto ganha motor 1.3 turbo de 185cv, suspensão mais baixa e redimensionada e até escapamento ampliado para uma direção mais dinâmica. Conheça essa novidade em detalhes:

Pulse Abarth vem equipado com o motor T270 de quatro cilindros com 185cv e 27kgfm de torque

O visual do Pulse Abarth é marcado por um estilo esportivo. Sem logotipo Fiat, o crossover compacto traz 13 emblemas do escorpião presentes na grade escurecida em preto brilhante com efeito flutuante, entradas de ar laterais e rodas exclusivas Racing. Na traseira, acabamento diferenciado para o para-choque e saída de escape de 3 polegadas com som envolvente.

Bancos são esportivos com costura na cor vermelha

Por dentro, o carro incorpora o mesmo painel do Pulse com algumas novidades. Há um friso vermelho no contorno do painel, volante exclusivo e emblema Abarth. Os bancos em couro sintético trazem o escorpião em baixo relevo, console central com alavanca do câmbio igualmente marcada pelo selo da marca Abarth e o freio de estacionamento eletrônico.

Volante tem a logomarca da Abarth e painel tem detalhes em vermelho

O cluster digital tem assinatura exclusiva com computador de bordo, personalização dos mostradores e controles de consumo, carga da direção, vetorização de torque, uso de força G, pressão da turbina entre outros itens. Ao lado, a multimídia de 10 polegadas tem espelhamento sem fio e sistema Apple CarPlay e Android Auto além de câmera de alta resolução e sensor de ré.

Modelo conta com a cor vermelho Montecarlo

Além da multimídia o Pulse Abarth traz itens de segurança como controle de tração e estabilidade, freios ABS e uma calibração diferenciada de suspensão. Segundo a engenharia da Stellantis, o Pulse Abarth tem molas e amortecedores até 12% mais firmes e o eixo traseiro é 15% mais resistente à torção, os pneus exclusivos têm maior aderência e o conjunto de suspensão é 10 mm mais baixo.

Modelo é vendido por R$ 149.990

Disponível nas cores vermelho Montecarlo (com adesivos em cinza e preto), branco Bachisa, cinza Strato e preto Volcano, o Pulse Abarth vem equipado com o motor T270 de quatro cilindros com 185cv e 27kgfm de torque associado ao câmbio automático de seis velocidades. O conjunto mecânico familiar é usado na Fiat pela Toro e Fastback (na versão Powered by Abarth) com relações de direção e trocas de marcha exclusiva para o modelo.

Modelo é vendido no tom preto volcano

O Pulse Abarth conta com botão Poison equivalente ao modo esportivo com trocas de marcha mais longas e relações de direção mais precisas. A novidade faz de 0-100km/h em 7,6s e alcança 215km/h de velocidade máxima. A novidade chega em pacote único de itens de série por R$ 149,9 mil sendo posicionado como topo de gama na linha do Fiat Pulse.

Primeiro esportivo Abarth foi o 204A de 1952

História da Abarth no Brasil
Os projetos de Carlo Abarth começaram em 1949 e logo em 1952, a sua empresa de preparação passou a trabalhar com os projetos da linha Fiat. O primeiro projeto do engenheiro austríaco foi o 204A fabricado a partir de carrocerias da empresa Cisitalia que havia falido. Essa experiência ajudou o engenheiro, agora na Itália, a contribuir com o aprimoramento dos pequenos motores da Fiat. Foi o ano em que estreou o Abarth 1500 biposto.

Abarth 1500 biposto tinha um visual arrojado

Com sucesso nas corridas e na elasticidade dos pequenos motores, Carlo Abarth dedicou uma década inteira a fornecer motores para corridas de montanha, ralis de regularidade e outras competições competindo com a linha Porsche e até Ferrari na época. Modelos lendários como Fiat Abarth 695, Fiat Abarth 850 TC, Fiat 131 Abarth Rally, Fiat Punto Abarth e Fiat 124 Abarth fizeram história ao longo dos anos.

Fiat Abarth 695 era versão esportiva do 500

Em 1971 a Abarth foi adquirida pela Fiat quando o comando passou para o engenheiro “da casa” Aurelio Lampredi. Depois a Abarth foi transformada em Fiat Auto Gestione Sportiva preparando modelos de alto desempenho até 1999. Ao longo da história diversos modelos da marca representaram a divisão Abarth integrada à Fiat.

Fiat 124 Abarth tinha linhas quadras com para-choques esportivos

No Brasil o primeiro modelo a chegar foi o Fiat Stilo com motor 2.4 Fivetech do Marea em 2002. Após um longo hiato a Fiat venderia por aqui o 500 Abarth com motor 1.4 turbo entre 2014 e 2016. Agora a marca retorna como divisão fruto da estratégia de venda com foco em modelos de maior valor agregado com o Pulse Abarth. Em breve serão oferecidos aqui o Fastback Abarth além do elétrico 500e Abarth, como modelo importado.

Procura um Fiat Pulse? Veja no AutoShow mais de 40.000 classificados de veículos e participe dos feirões presenciais realizados todo domingo das 7h às 13h no Expo Center Norte e Shopping ABC