AutoShow

Nova geração do Volkswagen Tiguan virá da China

Novo projeto já foi registrado e será global. Por Marcos Camargo Jr

Novo Tiguan registrado na China (Ministério da Ciência – governo chinês)

O mercado de carros elétricos parece arrefecer ao menos temporariamente. E a Volkswagen que havia anunciado um plano de eletrificação total com a família ID chegando até o sucessor do Passat, o ID.7, começa a revelar novidades com motor a combustão e alguns modelos híbridos.

Tayron chinês com nova identidade visual (Ministério da Ciência – governo chinês)

Esse é o caso do Tayron, SUV médio-grande que acaba de ser registrado no Ministério da Ciência e Tecnologia da China.

A partir da plataforma MQB-EVO que já apareceu na nova geração do Passat “Magotan” chinês, o Tayron (leia-se Tiguan em alguns países como o Brasil) terá motores a combustão e também híbridos.

Painel revelado pelo Passat Magotan (Ministério da Ciência – governo chinês)

Nas dimensões o Volkswagen Tayron mede 4,73m de comprimento, 1,85m de largura, 1,68,m de altura e 2,79m de entre-eixos sendo quase 2cm maior e 4,3cm mais alto que a geração atual. No entre-eixos há 11cm a mais o que mostra uma evolução e tanto.

A motorização do Tayron ou Tiguan será composta por motores a combustão turbinados ou híbridos com 202 ou 272cv dependendo da versão. Não foram reveladas informações sobre o interior do carro mas ele deve repetir algo já visto no Passat Magotan. Um volante no novo padrão, tela digital e multimídia central bem ampla.

Atual geração do Tiguan na Europa (VW Divulgação)

O lançamento do Tayron deve ser feito ainda esse ano na China e no próximo ano na Europa. No Velho Continente há uma nova geração mas uma busca por custos reduzidos pode levar a Volkswagen a aproveitar as mudanças no conjunto motor do Tayron para levá-lo ao mercado europeu. Vale lembrar que o Tiguan nacional é a versão mexicana que por sua vez está uma geração atrás do modelo europeu já pronto para ser renovado.