Imagem Jumbotron

Nivus Comfortline: pontos positivos e negativos

Avaliamos a versão de entrada do Crossover que tem vendido bem no mercado. Por Marcos Camargo Jr

Lançado no final de junho o Volkswagen Nivus fica posicionado abaixo do T-Cross, por sua vez abaixo do futuro Taos, como um crossover de acesso para a marca. Apesar disso, longe de ser um modelo com poucos equipamentos, o Nivus tem surpreendido a própria marca com médias superiores a 3.000 unidades vendidas a cada mês. Mas quais são os pontos positivos e negativos da versão de entrada? O AutoShow explica:

Pontos positivos:

Motor é eficiente. Asssim como a a versão Highline, o motor é o 1.0 TSI de 128cv (etanol) ou 116cv (gasolina) com 20,4kgfm de torque (razão pela qual a VW chama o motor de "200 TSI"). Assim como vimos no Highline, o propulsor de três cilindros se destaca pelo desempenho e economia controlado pelo câmbio Aisin automático de seis velocidades. 

https://youtu.be/VFheTuNQl7I

 O propulsor se mostra bem eficiente com boa arrancada e médias de consumo interessantes com 11km/litro na cidade e 13km na estrada abastecido com gasolina.

Menor preço que concorrentes. O Comfortline é interessante pelo preço abaixo de boa parte das versões dos SUVs mais vendidos como o Chevrolet Tracker (que só traz multimídia com internet e carregador por indução como itens de destaque), além do Jeep Renegade, Nissan Kicks (R$ 91,9 mil), Renault Duster Intense (R$ 90,8 mil), Honda WR-V EX (R$ 86,9 mil) e Hyundai Creta Smart Plus (R$ 91,9 mil).  Com este posicionamento é possível perceber que o Nivus também enfrenta outro crossover turbinado que no entanto é mais caro.Pelo mesmo preço do Nivus avaliado a Chevrolet disponibiliza o Tracker 1.0 turbo na versão LT menos equipada e câmbio manual enquanto a versão automática parte de R$ 95,8 mil.  

Segurança em alta. Nivus mantém os itens de segurança disponíveis no modelo mais caro: controle de tração e estabilidade, seis airbags, assistente de partida em rampa além dos obrigatórios freios ABS com disco nas quatro rodas.

Pontos negativos

Bem menos equipado que a versão topo. O Comfortline perde alguns equipamentos em relação ao modelo topo de linha. Os emblemas são cromados (enquanto no Highline são pretos), os bancos são revestidos em tecido, as rodas tem aro 16 (na topo vem com conjunto aro 17) e a multimídia é mais simples que a Volks Play oferecida como opcional no pacote Play&Tech.


Melhor multimídia? Custa mais. Por R$ 3.520 o cliente leva piloto automático adaptativo, frenagem autônoma de emergência além de paddle shifts para trocas de marcha atrás do volante que ganha revestimento em couro.  

Espaço mais apertado para passageiros. O Nivus é 2,7cm mais alto que o Polo e entrega o mesmo entre-eixos de 2,57m. Assim, se por um lado ele tem um bom porta-malas de 415 litros, por outro o banco traseiro não é tão confortável como no T-Cross cujo entre-eixos de 2,65m é mais generoso. Para quem precisa dar conforto aos passageiros o T-Cross entregará mais espaço no banco de trás ainda que o porta malas seja menor.

Gostou do Nivus? Veja estes e outros SUVs no site do AutoShow com mais de 40.000 ofertas disponíveis. Faça também sua pesquisa nos feirões realizados todo domingo no Expo Center Norte e no Shopping ABC.

Compartilhar:

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Mais lidos

Imagem Media

Carro novo ou usado? Qual escolher?

Imagem Media

Comissão do Senado aprova fim dos carros a gasolina no Brasil

Imagem Media

Como transferir documento de veículos durante a pandemia?

Compartilhar:

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Carros que você talvez gostaria:

Imagem Jumbotron

Garanta já sua participação no maior feirão de Compra e Venda de carros no Brasil – AutoShow –

O Feirão AutoShow possui mais de 10 mil ofertas e milhares de compradores em busca de fechar um bom negócio. Compre ou venda já seu carro no Feirão.