AutoShow

Mulheres causam menos acidentes e levam menos multas, aponta estudo

As mulheres são responsáveis por causarem menos acidentes de trânsito e, também, por levarem menos multas

Elas representam apenas 21% de todas multas aplicadas. Por Felipe Salomão

Dos 3.361 motoristas mortos por conta de acidentes de trânsito 7,3% eram mulheres

As mulheres são responsáveis por causarem menos acidentes de trânsito e, também, por levarem menos multas. Segundo o aplicativo Zul+, da Estapar, elas representam apenas 21% de todas multas aplicadas no país. 

Atualmente, 27,2 milhões de mulheres têm habilitação no Brasil

Segundo a plataforma digital, os homens receberam 79% das multas, que foram pagas por meio do aplicativo. Já de acordo com o Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo – Infosiga – SP, dos 3.361 motoristas mortos por conta de acidentes de trânsito, em 2022, 92,7% foram homens e 7,3% eram mulheres. Ao todo, considerando também as mortes de passageiros e pedestres, as mulheres  representaram 17,5% de fatalidades e os homens 82,5% de falecimento. 

Considerando também as mortes de passageiros e pedestres, as mulheres  representaram 17,5% de fatalidades

Contudo, os motoristas homens ainda são maioria, de acordo com os dados da Secretaria Nacional de Trânsito – Senatran, das 77,5 milhões de habilitações  ativas 50,3 milhões, o que representa 65% são homens e 27,2 milhões são mulheres, o que corresponde a 35%.

Procura um carro novo? Veja no AutoShow mais de 40.000 classificados de veículos e participe dos feirões presenciais realizados todo domingo das 7h às 13h no Expo Center Norte e Shopping ABC