AutoShow

Kwid pode dar origem a uma família de veículos no Brasil? Confira

SUV, minivan e sedã são possibilidades para o nosso mercado. Por Marcos Camargo Jr

Lançado no Brasil há pouco menos de dois anos o pequeno Kwid desenvolvido na Índia tem cumprido papel importante no nosso mercado figurando sempre entre os cinco modelos mais vendidos. 

Porém, após o sucesso da minivan Triber, baseada no Kwid, a Renault trabalha na diversificação da plataforma usada no subcompacto para oferecer uma linha completa de veículos, ao menos para o mercado indiano. Projeções divulgadas pelo Indian Autos Blog mostram uma projeção de um sedã que poderia fazer sucesso por aqui.

Sedãs pequenos tem especial destaque no mercado indiano com produtos de várias marcas como Hyundai, Suzuki, Ford e Tata. Por lá carros com até 4m de comprimento recebem isenções fiscais reduzindo o preço final. Assim, projetos como o Kwid nasceram justamente na Índia onde ele não é o mais vendido deste segmento. 

Em termos de motorização a “receita” deste sedã seria a mesma que conhecemos nas versões de entrada do Logan e Sandero: motor 1.0 SCe de três cilindros a gasolina e câmbio manual de 5 marchas. 

Também no forno está o projeto de um crossover compacto baseado no Kwid. Esse carro já vem sendo testado na Índia enquanto a Renault já lançou a versão “Climber” de apelo off road para testar os consumidores que comprariam esta novidade.

No Brasil a Renault não confirma nenhuma das duas novidades mas um facelift para o Kwid já é esperado. Os próximos lançamentos da marca serão o novo Captur com motor 1.3 turbo que depois deve chegar ao Duster e também à Oroch. A versão turbinada para o 1.0 deverá ser o segundo passo para modernização da linha Renault. Mas as chances de termos Kwid com novos formatos de minivan e sedã são bem altas.