AutoShow

GWM Ora é confirmado no Brasil para brigar com BYD Dolphin

A Great Wall Motors apresentou há pouco no Festival Interlagos Carros, o seu novo compacto elétrico Ora

Novidade chega ainda este ano com potencial para custar até R$ 150 mil com até 400km de autonomia. Por Marcos Camargo Jr.

Ora tem dimensões de um Nissan March, estilo arredondado que remete aos Porsches e ao clássico Fusca – Foto: Marcos Camargo Jr.

A Great Wall Motors apresentou há pouco no Festival Interlagos Carros, o seu novo compacto elétrico Ora. Comercializado na Ásia e Europa (inclusive com 5 estrelas no Euro NCAP) o Ora é um compacto com motor 100% elétrico que vem se juntar ao time de novos carros de marcas chinesas conectados à tomada.

Versão GT terá 63kwH de bateria suficiente para mais de 400km de autonomia – Foto: Marcos Camargo Jr.

O Ora tem dimensões de um Nissan March, estilo arredondado que remete aos Porsches e ao clássico Fusca. O modelo apresentado é da versão GT, esportiva, que terá 63kwH de bateria suficiente para mais de 400km de autonomia. Também deve haver uma versão com 48kwH suficiente para 300km. O motor elétrico tem 171cv com 25kgfm de torque e pacote que inclui Frenagem autônoma de emergência com reconhecimento de pedestres e ciclistas, assistente ativo de ponto cego com aviso de abertura de portas, frenagem autônoma de tráfego cruzado dianteiro e traseiro, piloto automático inteligente com Stop & Go e conjunto de 7 airbags. Na versão apresentada há freios a disco nas quatro rodas e abertura elétrica do diminuto porta-malas.

Modelo traz duas amplas telas – Foto: Marcos Camargo Jr.

Por dentro impressiona a boa qualidade de montagem mesclando couro e plástico sem qualquer tipo de arremate. A tela une o cluster e a multimídia que traz aplicativos pré instalados, controles do carro e do entretenimento. A partida, por botão, segue o padrão usado pelos carros da Mini, marca da BMW, e o câmbio tem seletor rotativo.

Versão GT tem acabamento esportivo – Foto: Marcos Camargo Jr.

A pré venda deve começar em agosto com entregas em meados de outubro. Efetivamente esse é o segundo produto da GWM lançado no Brasil. O HAVAL tem feito estrago e já superou em vendas o Toyota Corolla Cross, até então único crossover médio híbrido do mercado.

Versão esportiva traz volante com detalhes em vermelho – Foto: Marcos Camargo Jr.

Especula-se que o novo Ora elétrico custe em torno de R$ 150 mil. Este é o preço do BYD Dolphin e deverá ser também o valor cobrado pelo JAC Yiwey 3 que se junta à dupla. Até o lançamento desses carros, os R$ 150 mil eram suficientes para comprar apenas carros como Renault Kwid E-Tech, Caoa Chery iCar e Jac E-JS1, todos de menor porte, menos potência e autonomia.

Procura um modelo da GWM? Veja no AutoShow mais de 40.000 classificados de veículos e participe dos feirões presenciais realizados todo domingo das 7h às 13h no Expo Center Norte e Shopping ABC