AutoShow

Ford teve prejuízo com carros elétricos mas lucrou com modelos a combustão em 2023

O caminho da eletrificação passa por ajustes no caminho de grandes marcas de carros como a Ford. A empresa divulgou os dados do seu balanço de 2023 e os resultados surpreenderam. A marca disse ter perdido dinheiro com carros elétricos no ano passado.

O CEO da Ford Jim Farley revelou em um vídeo para os investidores os planos para mudar a direção na eletrificação. E depois de reduzir o ritmo de produção dos elétricos por uma crise de demanda, a Ford continuará investindo nos modelos elétricos porém em carros de menor porte.

Ao divulgar lucro de US$ 46 bilhões, acima dos US$ 40 bilhões previstos por analistas. “Estamos ajustando nosso capital, mudando para focar em produtos elétricos pequenos”, disse Farley.

O executivo anunciou que a Ford já tem um time de desenvolvimento de uma plataforma de baixo custo que será “feita em um intervalo de dois anos”.

Essa nova plataforma dará a base para “diversos tipos de veículos” disse Farley. A Ford disse ter perdido US$ 4,7 bilhões, R$ 23 bilhões em valores convertidos, com projetos de carros elétricos em 2023 e pretende inverter essa conta ao desenvolver novos produtos mais eficientes. 

Esse é mais um sinal de recuo da Ford em relação aos seus novos produtos. A produção da F-150 Lightning e também do Mustang Mach-E foram reduzidas pela metade em dezembro e outros carros elétricos de maior porte também tiveram a linha de produção reduzida ao longo de 2023.