AutoShow

Fim melancólico? VW acelera produção do GOL até o último dia do ano

Compacto recebeu muitas encomendas no fim do ano e teve produção estendida. Por Marcos Camargo Jr

Saindo de linha à francesa? Sem ninguém notar? Definitivamente não é o caso do Volkswagen Gol que está vendo sua produção ser acelerada até o terceiro turno antes de dar seu adeus. A “culpa” é das empresas, sobretudo locadoras que querem fazer a última encomenda do GOL, um carro que esteve em linha nos últimos 42 anos em três gerações.

O compacto já teve 4.775 unidades produzidas até o dia 19 de dezembro, retomando o posto de carro mais vendido do país em um ano com pouco mais de 68.000 unidades vendidas. Se continuar assim, será o modelo mais vendido em dezembro à frente da Fiat Strada e do Hyundai HB20.

E a fábrica de Taubate/SP, responsável pela produção do Gol está acelerando a produção do carro até o último instante. Fontes internas ligadas à marca afirmaram ao AUTOSHOW que a produção tanto do Gol quanto do Voyage segue normalmente. Aliás, mais do que normalmente. A produção está acima das 800 unidades por dia o que poderá fazer o GOL fechar mais de 10.000 unidades produzidas em um mês.

Em um evento interno de homenagem a trajetória do Gol, onde os proprietários do Last Edition receberam até certificados da Volkswagen pela propriedade dos veículos, fontes afirmam que os pátios estão cheios e a produção não parou nem mesmo para a passagem dos visitantes. 

A Volkswagen afirmou à nossa reportagem que a produção segue nesta semana e na próxima mas “não deve passar do dia 31”. Embora o GOL atenda a todos os requisitos do Proconve L7 e tenha todos os dispositivos de segurança exigidos pela legislação a data final foi uma decisão interna do grupo. 

Ao lado da linha do Gol e Voyage que está se despedindo, o Polo Track já está pronto para estrear. O lançamento do carro que ficará na posição do Gol deve ficar para o fim de janeiro ou início de fevereiro.