AutoShow

Dia do Trabalho: veja os carros populares que mais fizeram sucesso no Brasil

O carro popular no Brasil sempre foi um sucesso de vendas. Inclusive, o governo federal e as fabricantes já estudam uma nova política de carros populares para o mercado brasileiro

Fusca, Gol, Uno, Palio e Chevette são alguns dos modelos na lista. Por Felipe Salomão

Fusca prata foi fabricado para o presidente da República, Itamar Franco

O carro popular no Brasil sempre foi um sucesso de vendas. Inclusive, o governo federal e as fabricantes já estudam uma nova política de carros populares para o mercado brasileiro. Portanto, o AutoShow traz no dia do Trabalho os principais modelos comprados por todos os trabalhadores brasileiros em algum momento. Relembre a trajetória.

Volkswagen vendeu mais 21,5 milhões de unidades do Fusca

Volkswagen Fusca
Certamente, o Volkswagen Fusca é o modelo mais icônico dessa lista, uma vez que foi lançado no Brasil em janeiro de 1959 e vendido até 1986. Inclusive, o modelo tem duas datas comemorativas no país, sendo uma comemorada em 20 de janeiro e outra no dia 22 de junho. Também é importante lembrar que em 1993 o presidente Itamar Franco reviveu o Fusca para ser o novo carro popular brasileiro. Teve a versão “pé de boi” ainda mais simples lançado em 1965 para atender um programa de financiamento popular da época. Sem cromados, frisos e sem nem mesmo marcador de combustível fez algum sucesso na época.

Produção do Fusca no passado

Ao longo dos anos, o Volkswagen Fusca pouco mudou o desenho, que é bonito até hoje. Já a motorização passou por diversas mudanças terminando com motor de 1600 cc de 58,7 cv do famoso “Fusca Itamar”. No mundo a Volkswagen vendeu mais 21,5 milhões de unidades do Fusca. Apenas no Brasil foram 3,1 milhões unidades emplacadas ao longo dos anos.

Gol bola foi lançado nos anos de 1990

Volkswagen Gol
Em maio de 1980 a Volkswagen lançava o Gol, que seria o substituto do Fusca. Com visual moderno para época, o modelo fez bastante sucesso, que durou até 2022, quando foi deixado de ser produzido pela marca. No lugar ficou o novo Polo Track. Vale lembrar que a partir de 1990 houve a versão GOL 1000 seguindo o programa de carro popular da época. A versão tinha motor 1.0 CHT e abria mão de itens como ventilador e para sol.

Dos anos de 1980 até o ano passado a Volkswagen vendeu mais de 6,9 milhões de unidades do Gol

Dos anos de 1980 até o ano passado a Volkswagen vendeu mais de 6,9 milhões de unidades do Gol, que foi por 26 anos seguidos o veículo mais vendido no Brasil. Visualmente, o desenho saiu do quadrado para a geração bolinha, terminando em um desenho moderno das últimas gerações dos anos de 2010.

Fiat Uno foi o grande rival do Gol ao longo destes anos

Fiat Uno
Certamente, o Fiat Uno foi o grande rival do Gol ao longo destes anos, uma vez que foi vendido entre 1984 e 2021. A montadora italiana vendeu mais de 3,2 milhões de unidades do pequeno hatchback, que saiu de linha para dar espaço para o atual Fiat Mobi. Uma versão básica de sucesso foi o Mille, também dos anos 1990. Tinha somente cores sólidas, era bem mais simples e com painel que tinha velocímetro e marcador de combustível.

Uma versão básica de sucesso foi o Mille, também dos anos 1990

Assim como o Gol, o Fiat Uno nasceu com visual quadrado e foi se modernizando com o passar dos anos. Além disso, é um carro popular conhecido por ser de fácil manutenção e com preço barato de reparação.

Modelo chegou aqui em 1959 e durou até 1968

Renault Dauphine
Pode até ficar esquecido pela maioria mas o carro da DKW Vemag, o Renault Dauphine, depois Gordini, tinha motor traseiro e era compacto originário de um projeto francês que chegou aqui em 1959 e durou até 1968. Estreou com motor de 747cc e depois subiu para 845cc que chegou a ter 40cv, bom desempenho para a época. Tinha preço muito acessível para rivalizar com o Fusca apesar da má fama mecânica de que quebraria com facilidade.

Lançado em 1973 e vendido até 1993, o Chevrolet Chevette é um rival de peso para o Volkswagen Fusca

Chevrolet Chevette
Lançado em 1973 e vendido até 1993, o Chevrolet Chevette é um rival de peso para o Volkswagen Fusca. Inclusive, essa disputa também aconteceu na Europa, pois o sedã foi vendido por lá pela Opel com o nome de Kadett. Com desenho moderno para época, o Chevrolet Chevette tinha motor 1.4 litro com tração traseira e transmissão com engates mais macios, diferente do rival da marca alemã. Com a chegada do etanol, o modelo nos anos de 1980 ganhou motorização 1.6 litro movida a álcool e chegou a ter transmissão automática de três posições importada da Austrália.

Chegou a ter a versão Junior com motor 1.0 de 40cv nos anos 1990

Chegou a ter a versão Junior com motor 1.0 de 40cv nos anos 1990 que fez pouco sucesso sendo o modelo mais barato da gama do sedan compacto. Contudo, nos anos de 1990 o modelo começou a perder força nas vendas e saiu de linha. A Chevrolet chegou a vender mais de 1,6 milhão de unidades do Chevette no país.

Para substituir o Chevette, a Chevrolet lançou em 1995 o Corsa

Chevrolet Corsa
Para substituir o Chevette, a Chevrolet lançou em 1995 o Corsa, que ao longo dos anos era vendido nas carrocerias sedã e hatchback. Vendido até 2016, a marca emplacou mais de 1,5 milhão de unidades do modelo, que foi descontinuado com o nome Chevrolet Classic, que tinha o mesmo visual do Chevrolet Corsa Classic. O modelo chegou a ter motores 1.0 8V, 1.0 16V e 1.6.

Entre 1969 e 1985 o Ford Corcel foi o carro popular da marca

Ford Corcel
Entre 1969 e 1985 o Ford Corcel foi o carro popular da marca, que hoje já não tem nenhum modelo neste segmento no país. Nestes 16 anos, a montadora vendeu mais de 1,3 milhão de unidades. Ao longo destes anos, o modelo chegou a ter motor 1.3 litro, 1.4 litro de 85 cv e 1.6 litro de 90 cv no Corcel II.

Kombi a combustão e Kombi elétrica lado a lado

Volkswagen Kombi
É óbvio que a Volkswagen Kombi é um dos modelos mais icónicos feito pela indústria
automotivo mundial. Vendido entre 1950 e 2013 no Brasil, a Kombi sempre manteve o desenho arredondado que a consagrou durante os anos, além de ser um carro robusto, versátil e com baixo custo de manutenção. Por conta desses atributos, a Volkswagen vendeu 1,5 milhão de unidades no país durante 63 anos.

Kombi elétrica já roda pelo Brasil

A Kombi chegou a ter motor 1.2 de 36 cv, 1.5 de 52 cv, 1.6 com injeção eletrônica e 1.4 flex. Para os amantes do modelo, a Volkswagen já testa por aqui a ID.Buzz, que é a versão elétrica da Kombi.

Chevrolet lançou o Celta em 2000

Chevrolet Celta
Com o sucesso do Volkswagen Gol e dos Fiat Palio e Uno, a Chevrolet lançou o Celta em 2000. Durante 15 anos de vendas, a montadora norte-americana emplacou mais de 1,7 milhão de unidades no Brasil. Por aqui, chegou a ter motor 1.0 e 1.4 flex, além de ter um visual moderno e com poucas variações.

Lançado no Brasil em 1987, o Gurgel BR-800 foi um carro popular 100% nacional

Gurgel BR-800
Lançado no Brasil em 1987, o Gurgel BR-800 foi um carro popular 100% nacional com um pouco mais de 7 mil unidades vendidas no Brasil. O modelo seguia a tendência de design na época que era ter visual quadrado. O modelo, que foi vendido até 1992, tinha um motor de dois cilindros, que entregava 32 cv. 

Modelo teve um pouco mais de 7 mil unidades vendidas no Brasil

Era o modelo mais barato no final dos anos 1980 mas a crise da Gurgel e a pressão das montadoras concorrentes levaram a uma crise de confiança na empresa e o carro saiu de linha em 1992.

Hyundai HB20 já tem três visuais diferentes

Chevrolet Onix e Hyundai HB20
Tanto o Chevrolet Onix quanto o Hyundai HB20 chegaram ao mercado brasileiro para mexer nos líderes de vendas. Ambos foram lançados em 2012 e são os hatchbacks populares mais vendidos no Brasil desde então. O Hyundai HB20 já tem três visuais diferentes, sendo que um deles tem desenho polêmico. Já o Chevrolet Onix de primeira geração tinha um visual mais clássico com uma ampla grade frontal, o que é diferente dos traços modernos da atual geração.

Onix foi lançado em 2012 e já teve dois visuais diferentes

Atualmente, o Hyundai HB20 vem equipado com motor 1.0 litro turbo de até 120 cv nas versões mais caras. Já as de entrada contam com propulsor 1.0 litro aspirado de até 80 cv. O Chevrolet Onix também tem motor 1.0 aspirado de até 82 cv nas versões de entrada e turbo 1.0 de até 116 cv.

Hyundai HB20 também tem carroceria sedã chamada de HB20S

Diferente dos populares do passado, o Hyundai HB20 e Chevrolet Onix contam com mais equipamentos de série como freio ABS, airbags, controle de estabilidade, ar-condicionado, rádio Bluetooth, volante multifuncional, entre outros itens. Além disso, podem ter nas versões mais caras central multimídia com conexão com Android Auto e Apple CarPlay, assistência de permanência em faixa, frenagem automática de emergência, monitoramento de pressão dos pneus, câmbio automático, entre outros equipamentos.

Chevrolet Onix Plus teve mais de 18 mil unidades vendidas neste ano

Em relação às vendas, apenas neste ano a Hyundai vendeu 16.194 unidades do HB20 e a Chevrolet emplacou entre janeiro e março 21.528 unidades. Isso apenas das versões hatchbacks. Já o sedã Chevrolet Onix Plus teve 18.392 unidades comercializadas no mesmo período e o HB20S teve 4.807 unidades contabilizadas nos três primeiros meses de 2023. Os dados são da Fenabrave.

Procura um carro novo? Veja no AutoShow mais de 40.000 classificados de veículos e participe dos feirões presenciais realizados todo domingo das 7h às 13h no Expo Center Norte e Shopping ABC