Imagem Jumbotron

Corolla fica até R$ 5 mil mais caro: veja a inflação dos modelos novos

Na primeira quinzena do ano quatro montadoras já reajustaram o preço dos seus veículos. Por Marcos Camargo Jr

Se por um lado o crescimento nas vendas chegou a 12% no mercado interno em 2019, por outro o preço de um carro zero já abriu o ano mais caro. Toyota, Honda, Chevrolet e Caoa-Chery elevaram valor de tabela de seus veículos, em alguns casos, líderes de segmentos importantes. Confira os modelos que já estão mais caros nas concessionárias.


A marca Caoa-Chery reajustou os preços de toda a linha. O SUV compacto Tiggo 2 teve a versão de entrada Look reajustada em até R$ 500 e agora custa R$ 61,9 mil na versão manual e R$ 69,1 mil na automática. A versão Act unicamente com transmissão automática agora custa R$ 72,9 mil, aumento de R$ 1.400. O Tiggo 5X que é o modelo mais vendido da marca no país também sofreu rejuste de R$ 2.000 versão T que agora sai por R$ 88,9 mil e R$ 1.000 na versão TXS de R$ 99,9 mil. O sedã Arrizo 5 foi o que ficou mais caro. A versão RX custa agora R$ 69,9 mil, aumento de R$ 4.000 e a RXT agora está tabelada a R$ 77,5 mil, elevação de R$ 4.600 no preço.

O carro mais vendido do país ha quatro anos também subiu de preço. Na família do hatch a versão de entrada do Onix 1.0 com câmbio manual agora custa R$ 49,6 mil, aumento de R$ 1,1 mil. A versão mais em conta com transmissão automática agora sai por R$ 56,9 mil, aumento de R$ 1.400. A versão topo Premier agora sai por R$ 71,7 mil e com todos os opcionais chega a R$ 74,7 mil, aumento de R$ 1.800.

Já considerando o sedã Onix Plus a versão mais em conta com câmbio manual (1.0 LT) custa R$ 56,1 mil, alta de R$ 1.200; a versão turbo manual (1.0 Turbo MT) custa R$ 63 mil, aumento de R$ 1.900 e a Premier III agora sai por R$ 78 mil, elevação de R$ 1.000.


Praticamente sem mudanças para 2020, o Honda Civic também teve os preços reajustados. Agora a versão de entrada (LX) custa R$ 1.300 a mais: R$ 99.200, a EXL ficou R$ 1.500 mais cara: R$ 114,1 mil e o esportivo Civic Touring agora sai por R$ 136,7 mil, um aumento de R$ 1.800.
A nova tabela da Toyota divulgada na virada do ano também deixou o líder Corolla mais caro. A versão GLi CVT que já avaliamos, passou de R$ 99,9 mil para R$ 101,9 enquanto a versão XEi ficou R$ 2.000 mais cara e agora sai por R$ 112,9 mil. A maior alta ficou com a versão híbrida que saiu de R$ 130,9 mil para R$ 135,9 mil, aumento de R$ 5.000.

Se você achou os aumentos consideráveis uma boa opção pode ser um carro seminovo. O Feirão AutoShow organiza todo domingo dois feirões, um no estacionamento do Anhembi com 4.500 veículos e outro no Shopping ABC com cerca de 1.500 ofertas. A entrada de visitantes é grátis pelo portão de pedestres e há estacionamento no local.

Compartilhar:

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Mais lidos

Imagem Media

Carro novo ou usado? Qual escolher?

Imagem Media

Comissão do Senado aprova fim dos carros a gasolina no Brasil

Imagem Media

Prós e contras Jeep Renegade Limited 2020

Compartilhar:

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Carros que você talvez gostaria:

Imagem Jumbotron

Garanta já sua participação no maior feirão de Compra e Venda de carros no Brasil – AutoShow –

O Feirão AutoShow possui mais de 10 mil ofertas e milhares de compradores em busca de fechar um bom negócio. Compre ou venda já seu carro no Feirão.