AutoShow

Concessionárias e lojas de usados já podem reabrir em SP: veja regras

Álcool gel e distanciamento são só algumas regras; veja todas. Por Marcos Camargo Jr

A partir de amanhã, 05 de junho, as concessionárias de veículos e lojas de carros podem reabrir na capital paulista. A decisão foi tomada pelo prefeito Bruno Covas (PSDB-SP), após a análise dos protocolos, que são as regras propostas pelos empresários e associações do setor.

Basicamente as regras devem ser seguidas por todas as revendedoras de veículos incluindo concessionárias de veículos novos, lojas de usados e acessórios. Oficinas não chegaram a fechar por conta da pandemia por serem consideradas serviço essencial.

Veja as regras que devem ser seguidas

Concessionárias de veículos

  • espaçamento de 1,5 metro entre pessoas
  • atendimento ao público por até 4 horas por dia
  • reforçar a limpeza e manter os estandes ventilados
  • disponibilizar álcool gel 70% nas bancadas e entradas das lojas
  • estímulo ao teletrabalho/home office, principalmente para mães com filhos pequenos
  • controle de acesso dos clientes no showroom de veículos para não haver aglomerações
  • uso obrigatório de máscaras para funcionários e clientes (que devem ser fornecidos pela loja)
  • horários de abertura e fechamento não podem coincidir com horários de pico (das 7h às 10h ou das 17h às 20h)
  • realizar escala de revezamento dos funcionários respeitando o limite de 20% de pessoas no local (o que inclui funcionários e clientes)

“O documento firma a parceria entre o poder público e as entidades para que a reabertura de concessionárias de veículos e escritórios de prestação de serviços possam ser realizadas de forma controlada, a partir desta sexta-feira (5), evitando a propagação do coronavírus e contribuindo com o fim da crise econômica causada pela pandemia”, afirmou a gestão municipal.