AutoShow

Como conservar e cuidar do meu carro?

Quem não quer conservar seu carro e mantê-lo com aparência de novo? Um automóvel bem conservado é mais valorizado na hora da venda, apresenta menor despesa por manutenção, é mais confiável e dura muito mais tempo. Pensando nisso, preparamos algumas dicas simples que te ajudarão a entender como conservar seu carro. Ficou curioso? Então, confira!


 

esconda o carro do sol

A pintura é um reflexo direto do cuidado que o dono tem com seu carro. Para cuidar dela, evite estacionar o carro embaixo do sol quente. Os raios ultravioleta que incidem sobre a pintura do carro irão, com o tempo, desgastá-la, removendo seu brilho e causando manchas esbranquiçadas em locais como capô e teto. Além disso, ressecam borrachas de vedação e materiais plásticos presentes em para-choques ou no painel, transmitindo aquela aparência indesejada de desgaste.

tenha cuidado com as árvores

Parar embaixo de árvores também pode ser prejudicial, devido a seivas e dejetos de pássaros. Ambos podem ser altamente corrosivos, manchando a pintura e materiais plásticos ou emborrachados. Além disso, frutas e galhos podem cair sobre seu carro. Se não houver opção, pare sob o sol, pois este desgasta a pintura ao longo do tempo, ao contrário dos dejetos e seivas, que podem danificá-la em questão de dias. A melhor escolha, sem dúvida, é sempre estacionar o carro em garagem coberta, preferencialmente fechada.

faça uma limpeza caprichada

pintura 5Além de deixar o carro com cara de novo, a limpeza é benéfica para o veículo, pois remove aquelas impurezas que podem agredir a pintura. Os dejetos de pássaros devem ser lavados o mais rápido possível. A poeira e o barro podem arranhar seu carro caso você ou outra pessoa esbarre no veículo, devido ao atrito entre a poeira, seu corpo e o automóvel. As pastilhas de freio do seu carro soltam uma fuligem que deixa a roda com uma cor grafite ou cinza escuro. Essa fuligem precisa ser limpa para não desgastar a aparência da sua roda (ou das suas calotas, dependendo do caso). Os resíduos de asfalto, como piche, precisam ser removidos para não aderirem à pintura.

É preciso se atentar a tudo isso em uma boa limpeza semanal. Tente encerar o carro pelo menos uma vez por mês, e, se possível, procure um especialista para realizar uma cristalização ou espelhamento da pintura uma vez por ano. Limpando o carro com frequência, você conseguirá mantê-lo sempre brilhando e livre de desgaste por sujeira.

cuide bem da manuteção

Aparência não é tudo, certo? Um bom funcionamento do motor, câmbio, suspensão, freios e demais componentes é essencial para seu carro te transmitir confiança, e, claro, para funcionar como novo. E o melhor jeito de manter tudo em ordem é realizando manutenções preventivas rigorosamente. Não deixe algum componente quebrar para realizar a troca. Deixar de fazer alinhamento e balanceamento das rodas, por exemplo, poderá comprometer o desgaste dos pneus, da suspensão e dos rolamentos devido à vibração excessiva do carro, forçando a uma troca prematura dos componentes.

Siga a orientação do manual de instrução do seu carro e realize as manutenções nos prazos corretos, com os produtos originais e especificados pelo fabricante. Lembre-se: é melhor pagar R$200,00 em uma troca de óleo a cada 6 meses com o óleo correto do seu carro, do que pagar R$150,00 em um óleo não especificado, porém mais barato e correr o risco de precisar retificar o motor por um valor 10 ou 15 vezes maior.

pratique atitudes no dia a dia que ajudem a conservar o seu carro

Por fim, é importante que você também cuide do seu carro no seu no dia a dia.
Quer um exemplo? O semáforo abriu e você acelera seu carro fortemente, mesmo sabendo que logo à frente há outro semáforo fechado. Com isso, você forçará seu motor desnecessariamente, precisará usar o freio com mais força para parar o veículo novamente e aumentará o desgaste do pneu, além de consumir mais combustível. Ou seja, acelere com progressividade sempre que possível, trocando de marchas sem esticar muito cada uma delas.

mulher-dirigindo.jpg.300x203_q85_crop_upscaleDirija com paciência. Ao encarar uma ladeira, desça engrenado, poupando combustível e o uso excessivo do freio para controlar a velocidade. Passe por lombadas ou quebra-molas em baixa velocidade. Evite passar sobre a sinalização reflexiva das vias, conhecidas como “olhos-de-gato” ou “tartarugas”. Precisa andar por uma estrada de terra ou por uma rua com pavimento muito ruim? Vá devagar, escolhendo o melhor caminho e os menores buracos. Dirigindo com cuidado, você conseguirá conservar melhor seu carro. Sim, ele pode até ser bem resistente, mas, quanto mais você poupá-lo de desgaste desnecessário, por mais tempo ele durará como novo.

E você, tem cuidado do seu carro da maneira que ele merece? Possui uma outra dica interessante para contar? Comente aqui e ajude os outros usuários!


CONFIRA TAMBÉM, 4 ITENS QUE PODEM DESVALORIZAR SEU CARRO NA HORA DE VENDER

Essa e outras matérias você confere aqui no matel.com.br – Acesse!