AutoShow

Carros elétricos da Stellantis utilizarão plataforma que permite autonomia de 700 km

A Stellantis, que é dona das marcas Abarth, Chrysler, Citroën, Dodge, Fiat, Jeep, Peugeot e Ram, informou que os novos SUVs e sedãs das montadoras do grupo irão usar a plataforma STLA Medium

STLA Medium será usada pelos sedãs e SUVs das marcas do grupo. Por Felipe Salomão

Companhia pretende começar a produzir carros com essa plataforma já neste ano na Europa

A Stellantis, que é dona das marcas Abarth, Chrysler, Citroën, Dodge, Fiat, Jeep, Peugeot e Ram, informou que os novos SUVs e sedãs das montadoras do grupo irão usar a plataforma STLA Medium, que irá conferir uma autonomia de 700 km com uma carga na bateria.

Modelos que utilizarem a plataforma STLA Medium irão ter tração dianteira ou nas quatro rodas

Segundo a Stellantis, essa nova plataforma, que foi apresentada no EV Day 2021, poderá ser utilizada também nos segmentos C e D, que representam 35 milhões das vendas de veículos em 2022, o que é quase metade dos 78,5 milhões de carros vendidos em todo o planeta no ano passado.

Veículos também terão entre-eixos que variam entre 2,7 e 2,9 metros e comprimento entre 4,3 e 4,9 metros

Nessa categoria, a Stellantis oferece 26 veículos. Portanto, de acordo com a empresa, 2 milhões de modelos podem ser produzidos com a plataforma STLA Medium nas diversas fábricas da montadora no mundo. A companhia pretende começar a produzir carros com essa plataforma já neste ano na Europa. Contudo, não informou quando irá fabricar carros eletrificados no Brasil.

Modelos com a plataforma STLA Medium irão receber baterias de níquel e cobalto

A plataforma STLA Medium pode conferir uma autonomia de 700 km com um pacote performance. Já com pacote Standard a autonomia cai para 500 km no ciclo de medições europeu WLTP. O desempenho apontado pela empresa é de até 98 kWh com consumo inferior a 14 kWh por 100 km. Com arquitetura de 400 volts, a plataforma deve conferir uma recarga de 20% a 80% em apenas 27 minutos em um posto elétrico do tipo DC de alta capacidade.

Carros também irão ter a capacidade de receber uma bateria de estado sólido

Os modelos que utilizarem a plataforma STLA Medium irão ter tração dianteira ou nas quatro rodas com potência entre 160 cv e 387 cv. Esses novos veículos também terão entre-eixos que variam entre 2,7 e 2,9 metros, comprimento entre 4,3 e 4,9 metros, distância do solo de mais de 220 mm e rodas de até 750 mm. De acordo com a Stellantis, os modelos com a plataforma STLA Medium irão receber baterias de níquel e cobalto, além de ter capacidade de receber uma bateria de estado sólido. O grupo não informou quais modelos irão receber essa plataforma no futuro.

Procura um carro novo? Veja no AutoShow mais de 40.000 classificados de veículos e participe dos feirões presenciais realizados todo domingo das 7h às 13h no Expo Center Norte e Shopping ABC